Dicas para viajar sozinha

viajar_sozinha_01

 

Informa-te sobre o teu destino

Ir à descoberta é ótimo e libertador. Para que tudo corra bem, há certas coisas sobre as quais deves informar-te antes de ir. É um país seguro para mulheres sozinhas? O sítio onde vais ficar tem boas reviews? Onde é o consulado ou embaixada? O teu cartão bancário funciona naquele país? Precisas de passaporte ou visto?

Confirma aqui tudo o que deves fazer antes, durante e depois da viagem para que não te escape nada.

 

Dá o teu itinerário a familiares e amigos

Não quer dizer que tenhas de descrever todos os teus passos, mas algo simples como, por exemplo, a que horas vais apanhar o avião, a que horas vais chegar e onde, os locais onde vais ficar alojada e se vais fazer alguma viagem dentro do país.

Além de ser mais seguro para ti, porque alguém sabe onde estás, também vais deixar a tua família mais descansada.

Se já estás a planear a tua próxima viagem, dá uma espreitadela às melhores apps do momento que te ajudam a preparar tudo.

viajar_sozinha_02

 

Não exageres na bagagem

Sim, esta dica é mesmo importante. Levar demasiadas malas pode ser um tormento na hora de te deslocares. Se tens de andar de um lado para o outro, o melhor é teres uma bagagem que consigas carregar facilmente sozinha. Uma mala de mão e uma mochila pequena são mais do que suficientes.

No entanto, há itens que deves mesmo levar contigo como, por exemplo, um bom livro. É sempre bom teres à mão coisas que nunca ficam sem bateria! Se precisas de algumas ideias, confere a nossa seleção de 20 livros para ler antes de morrer.

 

Evita situações arriscadas

Esta dica é óbvia. Evita andar de noite em sítios isolados, tenta evitar zonas problemáticas da cidade e não dês demasiada confiança a estranhos.

Principalmente, não tenhas medo de dizer que não a algo com que não te sintas à vontade: uma ajuda com as malas, uma boleia… Acima de tudo, sê cuidadosa e confia nos teus instintos.

 

Fundo de segurança

Caso algo aconteça, como um assalto, é sempre bom estar prevenido e ter algum dinheiro extra para emergências.

Mantém algum (na moeda do país) escondido num livro ou numa caixa de tampões e, muito importante: nunca todo no mesmo sítio! Tenta também não andar na rua com muito dinheiro, e nunca o mostres em público.

 

viajar_sozinha_03 

Está sempre contactável

Hoje em dia é fácil estar sempre contactável. Assegura-te que tens bateria no telemóvel – investir numa powerbank é essencial – e tenta informar amigos ou família periodicamente, sobre onde estás.

As redes sociais são também muito úteis, especialmente se ativares a localização.

 

Leva contracetivos e a pílula do dia seguinte

Em alguns países é muito difícil, ou até impossível, conseguir contracetivos e, principalmente, a pílula do dia seguinte.

Se vais ser sexualmente ativa – algo um pouco difícil de prever –, o melhor mesmo é prevenir. Nunca se sabe o que pode acontecer, e nestas situações é melhor ter e não precisar, do que precisar e não ter.

Por isso, se ficar grávida não faz parte dos teus planos neste momento, toma todas as precauções necessárias. Clica e fica a conhecer o contracetivo de emergência ellaOne®.

 

Se seguires estas dicas, viajar sozinha não parecerá assim tão assustador. Só tens que chegar, instalar-te e relaxar. Boa viagem!