Archives

6 Conselhos para combater a depressão pós férias

Combater a depressão pós férias não é tarefa fácil. Mas é assim a vida e o mês de Agosto já era e, com ele foi-se o verão e as férias da maior parte de nós. Mas como tu, existem muitas outras mulheres a sofrer de depressão pós férias e por isso vou ajudar-te a evitá-la.

É por esta e por outras que existe o blog prazeres descalços, porque é com pequenos prazeres que pensamos no teu bem-estar. O que te sugiro é que sigas à risca alguns conselhos que tenho para ti para que, o regresso à realidade e à rotina do dia-a-dia seja um processo o menos duro possível.

6 Conselhos para combater a depressão pós férias

 

1.    Programa as tuas férias para quando voltares teres tempo para uns últimos dias de descanso

É algo que muito pouca gente tem em conta, mas não há nada melhor que voltar das férias e poder contar com uns belos dias de descanso em casa a organizar o regresso à realidade. Reserva um par de dias para por roupa a lavar, tratar da casa, saber notícias da família e amigos, ler emails do trabalho e finalmente repor os níveis de descanso. Este é o melhor remédio para quem quer evitar a depressão pós férias.

2.    Acorda cedo uns dias antes

Quando estamos de férias o nosso corpo fica mal habituado, pois acordar tarde e a más horas é regra obrigatória. Por isso, o primeiro dia pós férias é para deitar cedo e cedo erguer, só assim acostumas novamente o teu corpo à rotina do dia-a-dia. Tenho a certeza que não queres aparecer no trabalho como um personagem do The Walking Dead.

3.    Mantém um estilo de vida saudável

Pratica exercício físico para ativares o teu metabolismo e libertares endorfinas é fundamental. As endorfinas vão fazer-te ver o regresso à rotina pós férias de forma positiva e não como o fim da boa vida, que deveria ser eterna, ambas sabemos!

4.    Divide os dias de férias

O lema “vive os dias de férias como se não houvesse amanhã” não deve ser levado à letra, já que depois das férias vem o trabalho. Dividir os dias de férias é essencial. Deste modo, assim que acabarem os teus dias livres, sem horários ou preocupações podes sonhar com aqueles que ainda te restam.

5.    Não sobrecarregues o teu regresso com uma lista de coisas por fazer

O regresso pós férias deve ser um processo progressivo, isto é, se tens muito trabalho pela frente não caias no erro de meter tudo em ordem no primeiro dia, caso contrário vais acabar como a rapariga do exorcista! É fundamental planear e organizar uma lista de tarefas por prioridade. Lembra-te que Roma não se fez num dia, pelo que é perfeitamente normal estares desatualizada de tudo o que aconteceu durante a tua ausência.

6.    Dormir, dormir e voltar a dormir. É a melhor forma para curar a depressão pós férias.

Mesmo que te sintas super híper mega relaxada da vida, voltar ao trabalho é um choque para qualquer ser humano. Regressar à rotina, horários, pressão, stress, ginásio… Toda esta atividade é excessiva para quem esteve de férias, por isso há que respeitar os horários de sono e fazer um esforço extra para carregar baterias, pelo menos na primeira semana de trabalho (que é sem dúvida a pior).

O mais certo é achares estes 6 conselhos para evitar a depressão pós férias como a melhor forma de enfrentar os longos meses de trabalho que se seguem. Por isso, não deixes de os pôr em prática. É difícil esquecer o “dolce fare niente”, não é? A menos que sejas invencível como a super mulher e não precises destes conselhos, mas infelizmente és uma mera mortal.

Se gostaste deste post não deixes de o partilhar com as tuas amigas através das redes sociais. Temos todas de abraçar esta causa, e combater a depressão pós férias!

Férias para solteiros: Alternativas para este verão

Ir de férias com amigas é do melhor que há! A boa disposição é a anfitriã de todas as festas em que risos, gargalhadas e confidências não faltam. O problema é que todas sabemos que se trata de algo efémero. Em breve todas vão arranjar namorado (se é que algumas já não têm) pelo que mais tarde ou mais cedo também tu vais pelo mesmo caminho. Mas se assim não for, não te resta à partida outra alternativa que não ires de férias com os teus pais ou ficar sem vontade de explorar outras alternativas (como férias para solteiros) que hoje em dia, estão à distância de um clique. Como quase tudo, não é verdade?

Se estás a ler este post é porque muito provavelmente ainda estás a pensar o que fazer estas férias ou na pior das hipóteses não programaste nada e ficaste em casa. Ou ainda, porque tens um amigo ou amiga que continuam solteiros e todos os anos vivem o mesmo drama quando se fala em férias. Para variar (risos) pensámos em todas estas hipóteses e reunimos alternativas.

Imagina que te propomos um plano de férias para solteiros capaz de despertar o teu espírito aventureiro que já nem te lembravas que existia dentro de ti?

Sim, é isso mesmo, todas temos um lado selvagem dentro de nós (só que com muito estilo), é só preciso acordá-lo.

Vamos propor-te algo que jamais pensaste seres capaz de fazer: ir de férias sozinha! Bem, tecnicamente falando isto não é bem assim! As alternativas que te vamos sugerir são exclusivas para solteiros e solteiras que partilham da mesma vontade: passar tempo a conhecer gente que valha a pena. Se a partir daí, surgir algo mais, só depende de ti, já que não vem incluído no pacote de férias.

Cruzeiros: Para os amantes do conforto

Se és do tipo que vai de férias gosta de ter tudo ao seu alcance e mais importante de tudo não mexe uma palha, então os cruzeiros são uma excelente alternativa pois encaixam no teu perfil que nem uma luva. Podes contar com cinemas, discotecas e todo o tipo de piscinas, e ainda podes visitar as tuas cidades preferidas.

Pensa nesta alternativa da seguinte maneira: Queres iniciar-te nisto das férias para solteiros. És uma pessoa tímida, queres estar rodeada de pessoas e ao mesmo tempo valorizar o teu próprio espaço.

Viajar pelo mundo: para os aventureiros

Embora os mais conhecidos sejam os cruzeiros para solteiros, também há viagens organizadas.

Nesta categoria, alternativas para umas férias diferentes não te faltam. Podes partir à descoberta de países como a Austrália, Argentina, Brasil… e disfrutar destas férias de verão na companhia de gente aberta e sociável. É a fórmula perfeita para quem quer conhecer gente num ambiente divertido e descontraído como é uma viagem.

Pensa nesta alternativa da seguinte maneira: Adoras um desafio, e queres conhecer um país ou cidade na companhia de pessoas carregadas de boas energias. Quem sabe, se conheces alguém que possas vir a considerar como amigo. Ou amiga.

Mentaliza-te: só custa dar o primeiro passo! Optares por este tipo de férias destinadas a solteiros e solteiras pode parecer-te difícil e até constrangedor, já que à partida não conheces ninguém. Mas uma coisa é garantida: vais querer repetir!

Deixo-te aqui um desafio: estas férias parte à aventura de pés descalços para que possas tirar o máximo de proveito e mal regresses, conta-nos tudo! E se tens uma amiga solteira que não sabe o que fazer este verão partilha este post. Ficar em casa não é alternativa!

O drama de ser friorenta

O drama de ser friorenta resume-se ao seguinte: és a típica pessoa que se está constantemente a queixar do tempo frio, reclamar do ar condicionado ligado ou da janelas abertas que fazem corrente de ar. Bem, só para que saibas pertenço ao grupo. Não que sejamos assim muitos, a maior parte das pessoas considera-nos uma minoria, mas na verdade sejamos muitos ou poucos no dia a dia sofremos bastante com o frio!

Sempre existe alguém que te diz: estás a exagerar, não está assim tanto frio! Ou pior, pessoas que estão a morrer de calor no mesmo espaço em que tu estás a congelar em que o mais parecido contigo é um cubo de gelo.

Nesta situação tens duas opções:

  • Lutar pela vida ou morte entre ligar ou desligar o ar condicionado e abrir ou fechar as janelas.
  • Dás a batalha por perdida e vestes uma camisola ou um casaco mais quente.

Eu recomendo que escolhas a segunda opção, até porque tu és como um unicórnio e o mais certo é não haver por perto ninguém que viva o drama de ser friorenta e por isso mesmo, o melhor é não dares muito nas vistas e juntares-te ao grupo dos calorentos. Nada como zelar pela harmonia do grupo, não é? (estou só a ser irónica)

A melhor coisa a fazer é: sair de casa com roupa extra a pensar em todo o tipo de ocasiões e situações!

Quando sofres do drama de ser friorenta tens que ter sempre um casaco à mão, mesmo que seja verão pois a qualquer sítio que vás, podes encontrar um maldito ar condicionado ligado: autocarro, refeitório, biblioteca, supermercado, restaurante, discoteca… Faz frio em todo lado!

Eu sou menos fã do inverno que do verão, pelo menos não é tão complicado escolher o que vestir. Bastam umas camadas de roupa quente e já está. Mas se nos pedissem para eleger uma destas estações a escolha era óbvia: verão sempre!

O que não dávamos por viver numa ilha tropical todo o ano…

Uma das incompatibilidades que existe na vida de uma pessoa friorenta é conseguir sair linda e maravilhosa e ao mesmo tempo quente. Este sim é um dos grandes dramas de ser friorenta!

Como podes ser sexy se levas sempre contigo aquela camisola feita pela tua mãe?

Isto não significa que em algum momento não tenhamos calor, não somos de ferro. Somos seres humanos e suamos por isso, sentimos satisfação ao entrar numa sala com ar condicionado, quando fazem “40 graus à sombra” na rua. Mas, passar de 40 para 15 graus não é saudável para ninguém… bem, para os pinguins é do melhor que pode haver.

Estas coisas só nós entendemos, pois vivemos o drama de ser friorentas:

  1. Para nós é normal comprar ou preparar um café, um chá ou uma sopa quente ou qualquer outra coisa que nos aqueça nos dias frios de inverno.
  1. A melhor época para nós é o verão, mas ao sol, porque de baixo do ar condicionado nem pensar.
  1. Quando estás feliz e tranquila no interior de um lugar quente e alguém se queixa do calor e decide abrir uma janela, fazendo com que o frio entre, mete-se um frio que te gela os ossos por horas a fio.
  1. Digamos que não é das tuas frases favoritas quando te dizem: tens frio? Mas, está tanto calor!
  1. A única moda que segues é a da cebola, vestir muitas camadas para manteres sempre uma boa temperatura corporal. Comprar casacos compridos no inverno ou umas jaquetas confortáveis para os dias quentes faz parte das tuas idas ao shopping.
  1. Se descobres um objeto quente não perdes tempo em agarrá-lo com as mãos e ali o deixas até que tenhas que o largar para não te queimares.
  1. Sair da cama numa manhã de inverno é a pior coisa que te pode acontecer, é uma verdadeira tortura e o pior é que se repete manhã após amanhã até que o frio se vá embora para dar lugar às temperaturas amenas da primavera. Para ti acordar no inverno é o mesmo nível de esforço que se tivesses que escalar o Everest.
  1. Dormir sem meias nunca é opção, só as tiramos se houver necessidade… (risos)

Se sofres na pele o drama de ser friorenta, podes partilhar estes nossos desabafos e truques para te sentires mais quentinha enquanto passeias pelas redes sociais. Para nós são verdadeiros prazeres descalços!

Hábitos de beleza que não podes deixar de fazer

De certeza que conheces a importância dos hábitos de beleza como o cuidado da pele e do cabelo, e o quão benéfico é para a nossa saúde praticar exercício físico todos os dias… Mas infelizmente todas sabemos que por vezes é difícil manter a rotina pois cada vez mais temos um ritmo de vida acelerado. Posto isto, o melhor remédio para cuidarmos de nós é arranjar uma maneira fácil e divertida para o fazer.

As manhãs são essenciais para darmos início à rotina de hábitos de beleza se queremos começar o dia com boa energia e ter a pele com boa aparência. Vou desvendar-te o meu truque preferido. Vais precisar de um borrifador com água para teres no frigorífico, para quando te começarem a “dar os calores” borrifares a água sobre o rosto. É um revigorar instantâneo. Vais sentir o rosto menos inchado e hidratado. Este truque é infalível!

Vamos ver alguns hábitos de beleza que não podes deixar de fazer

  • É pela manhã que deves pôr em prática a tua rotina de hábitos de beleza por isso, começa por ativar o teu corpo. Experimenta acordar 30 minutos antes e beber um copo de água em jejum. Procura no Youtube uma rotina de exercícios (tens um monte delas à tua disposição) com a qual te sintas bem e, segue o velho lema: esquerda direita, encolhe a barriga e estica o peito! Desta forma vais começar bem o dia com vontade de abraçar o mundo e é garantido que chegas à noite completamente rendida.
  • Faz uma limpeza de rosto de manhã e à noite, podes utilizar óleo de coco ou óleo de amêndoas doces, é como preferires e te sentires melhor. O importante é perceberes o quão importante é este ritual fazer parte da tua rotina de hábitos de beleza. Opções não faltam, tudo depende se queres gastar mais ou menos num óleo, leite ou água de limpeza. Não posso deixar de te dizer, que os produtos naturais são sempre os melhores cosméticos que podemos utilizar pois estamos a cuidar de nós e ao mesmo tempo do ambiente. Utiliza por exemplo um leite de coco orgânico que não tenha sido refinado, assim, tens a certeza que todas as suas propriedades estão lá.

Vamos supor que optas pelo óleo de coco. Coloca uma colher de óleo nas mãos e em seguida massaja levemente o rosto durante cerca de um minuto. Depois, molha uma toalha limpa com água tépida e coloca sobre o rosto durante 30 segundos, retira o óleo em excesso et voilá… Linda e maravilhosa! Depois claro podes aplicar o teu creme hidratante e usar maquilhagem como habitualmente fazes.

  • Para cuidar do cabelo e mantê-lo hidratado, também podes usar o óleo de coco. Utiliza novamente uma colher de chá, esfrega muito bem o óleo nas mãos e entre os dedos e passa no cabelo desde a raiz até às pontas. Deixa atuar durante uma ou duas horas. Depois só tens de lavar o cabelo, com os produtos que utilizas regularmente e estás ready to go. Podes fazer esta hidratação profunda uma vez por semana, mas não abuses! Qualquer hidratação mais forte quando usada em excesso rapidamente deixa um cabelo seco em cabelo muito oleoso.
  • Cuida da tua alimentação. Isto é essencial para manter a beleza tanto por dentro como por fora. Experimenta comer proteínas logo de manhã e substituir a chávena de café por chá verde. Garanto-te que carregas todas as tuas baterias em menos de nada!

Como podes ver não são hábitos de beleza nada complicados de fazer e o melhor é que, não pesam na carteira. Não precisas de 400 cremes diferentes para conseguires manter a tua pele hidratada. Assim que perceberes quais os hábitos de beleza que não podes deixar de fazer e definires uma rotina com as dicas e truques que aqui te deixei, não vais querer outra coisa!

Coisas a fazer antes, durante e depois de uma viagem

Viajar é um dos melhores prazeres que podemos ter. Com companhia ou mesmo sozinha no que toca a partir à descoberta do mundo não há tempo para desculpas nem hesitações! O mundo tem tanto para nos mostrar que se complicarmos muito não chegamos a ver nem metade do tanto que temos para descobrir. Viajar é o melhor que podes fazer!

Com o verão, o mais certo é a tua próxima viagem estar ao virar da esquina. Mas lembra-te antes de embarcares na tua próxima viagem e partires à descoberta deves agir como um verdadeiro profissional e fazer uma lista de tudo o que não te podes esquecer de fazer antes, durante e depois.

Antes da Viagem

  • Pesquisa

Deves fazer uma boa pesquisa antes da tua próxima viagem. Hoje em dia, viajar está ao alcance de todos já que, praticamente todas as cidades, até mesmo as mais pequenas, contam com uma página na internet onde podes encontrar agendas culturais com próximos eventos. Pede dicas e sugestões a amigos ou nas redes sociais – vais ficar surpreendida com a quantidade de pessoas dispostas a partilhar informações e experiências sobre as suas viagens. A pesquisa é o primeiro passo para ficares entusiasmada e ansiosa por partir à aventura.

  • Toma nota das regras

É muito importante, de viagem para viagem, confirmares que tens o passaporte atualizado e as vacinas em dia. Não te esqueças que dependendo do teu destino as regras relativas ao tempo em que estás autorizado a ficar como turista podem variar muito. Faz uma cópia de todos os teus documentos, assim como deves imprimir bilhetes e reservas de hotéis. Nada como uma mulher prevenida.

  • Aprende expressões locais

Investires o teu tempo a fazer parte de uma cultura com uma língua diferente dá-te a capacidade de te adaptares a qualquer situação durante a tua viagem para além da experiência incrível que é.

  • Leva dinheiro

É sempre bom teres algum dinheiro contigo. Caso seja necessário troca dinheiro para a moeda local. Pensa que nem sempre existem caixas multibanco. Muito cuidado com os carteiristas – nunca tenhas todo o teu dinheiro no mesmo sítio e claro nunca deixes dinheiro ou a tua carteira no quarto de hotel.

  • Leva uma mochila ou mala de boa qualidade

Como é óbvio, viajar significa que deves levar roupa confortável e apenas a que te fizer falta. Pode parecer-te um cliché, mas é muito importante que a tua mochila ou mala seja de boa qualidade e isso não significa que tenha que ser cara. Certifica-te que o material é bom e os fechos de boa qualidade, já imaginas-te o que é rebentar um fecho, ter uma alça que se descose ou uma roda partida durante a viagem?

Durante a Viagem

  • Não te percas

Certamente tens um dispositivo iOS ou Android pelo que não terás que te preocupar em andar com mapas e guias em papel. Graças ao Google viajar tornou-se muito mais fácil. Podes salvar mapas e itinerários que podes ver até em modo offline – assim não gastas roaming. Podes organizar tudo isto mesmo antes da viagem.

  • Fotografa tudo o que vês

Provavelmente vais tirar milhões de fotografias durante a tua viagem e mostrá-las em tempo real no teu instagram. Todos os momentos, lugares e experiências devem ficar registados. Acho que fazes muito bem! Porque não crias um blog, ou uma galeria de fotos online como o Flickr ou SmugMug e fazes o upload delas todos os dias?

Depois da Viagem

  • Faz uma caixa de recordações

Se és daquelas que não perde a oportunidade de guardar uma ementa, um postal, um bilhete, ou pequenos objetos que encontra durante a viagem, arranja uma caixa e coloca-lhe uma etiqueta. Mais tarde vai saber-te bem ver todas essas recordações.

  • Começa a pensar na tua próxima aventura

Palavras para quê? Viajar é a melhor forma de nos conhecermos a nós próprios, adquirir novos conhecimentos e experienciar o até então por nós desconhecido. Não percas tempo, começa já a pensar qual será o teu próximo destino!

Boas aventuras.

5 truques para usar sapatos de salto alto

Pensar em levar sapatos de salto alto sem antes pensar que os pés nos podem doer a qualquer altura é sem margens para dúvidas um dos maiores dilemas com que o universo feminino se depara! Deixam-nos ainda mais bonitas, sensuais e confiantes mas por vezes conseguem ser uma autêntica tortura!

Bem, vou ser direta e dizer-te umas quantas coisas:

  • Não vás em cantigas, os sapatos de salto alto não são cómodos nem confortáveis. E sim eu sei, é algo que desejas que assim seja mas, esta é a verdade pura e dura!
  • Nenhum outro acessório estiliza tão rapidamente um look como uns sapatos de salto alto.

No fim de contas, só queremos aproveitar a festa e claro, quanto mais confortáveis melhor.

Em época de casamentos e batizados e festas de verão que começam com o pôr do sol e continuam noite dentro até que este nasça outra vez, os sapatos de salto alto não nos dão descanso.

Assim que, não nos resta outra hipótese se não recorrer a uns pequenos truques que, como por magia, nos ajudam a suportar melhor qualquer sapato de salto alto:

1.    Palmilhas de Silicone para sapatos de salto alto

Ter a sensação de estar a pisar um terreno mole como se tivesses uns ténis também é possível com uns sapatos de salto alto. Como? É muito simples. Conheces as palmilhas de silicone que se colocam na parte da frente do sapato? Podes encontrá-las nas farmácias: o conforto é garantido. Ah! E já que vais passar pela farmácia, compra também um stick roll-on para prevenir os calos ou as feridas que normalmente resultam do roçar da pele dos pés nos sapatos. É o chamado: remédio santo!

2.    Yoga para os pés

Yamuna Zake, defensora do “foot fitness” criou uma série de exercícios para conseguir que os pés não sofram tanto com o uso dos sapatos de salto alto. Vê os vídeos disponíveis no Youtube e começa já a praticar. Essencialmente, vais melhorar o equilíbrio e acima de tudo reduzir o pesadelo que é uma dor de pés!

3.    Escolhe bem os teus sapatos de salto alto

Dizem que a altura perfeita de um salto é de 7,5 cm porque estilizam o look sem ser demasiado altos. Esquece o salto agulha e aposta nas plataformas ou tacão pois ambos dão mais suporte aos teus pés, e são mil vezes mais confortáveis. Para além disso estão na moda! Que mais queres?

4.    Fita adesiva de dupla face

Para não massacrar os pés e aguentar todo o dia os saltos sem que estes se tornem um verdadeiro pesadelo, existe um truque muito usado pelas famosas. E se elas o usam, é porque realmente funciona!

Usa uma fita adesiva de dupla face de forma a colares a palma do pé ao sapato, tudo menos com sandálias abertas, pois fica horrível… já que tens o pé a descoberto.

5.    Creme com Ibuprofeno

Dar uma massagem com este tipo de creme antes de calçar sapatos de salto alto é algo que as famosas também fazem. Estes cremes ou pomadas têm propriedades anti-inflamatórias e analgésicas e evitam a dor. São perfeitas para aguentar os saltos todo o dia e toda a noite.

Se tens os teus próprios truques para usar sapatos de salto alto, não deixes de os partilhar comigo nas redes sociais.

Protege a tua pele do sol

A exposição solar tem muitos benefícios para a saúde, desde a fotossíntese à produção de vitamina D. É nesta altura do ano que mais fazemos atividades ao ar livre que, não só nos dão energia como garantem hábitos de vida saudáveis. Mas como em tudo na vida, também a exposição solar requer um ponto de equilíbrio, caso contrário, o sol passa rapidamente de amigo a inimigo. O que quer dizer que manter a pele hidratada e protegida é uma prioridade. Pensa que, se não te protegeres do sol os dias inesquecíveis que tanto queres viver podem significar problemas imediatos ou futuros para a tua pele. E nós não queremos isso, certo? Protege a tua pele do sol é que se bem te lembras, pele só temos uma!

Como já falámos, manter uma alimentação equilibrada tem influência não só na saúde do organismo como ajuda a manter a pele hidratada. Protege a tua pele do sol com  juda de alguns alimentos, como te vou mostrar. Estes contêm substâncias que preparam a pele para os dias de sol. Por outro lado, os dias mais quentes aumentam a perda de líquidos através do suor, pelo que, é necessário fazer uma reposição adequada através da ingestão de líquidos.

Tudo o que queremos é manter a pele hidratada, prevenir os escaldões e as queimaduras, a pele irritada e seca e claro, a desidratação. Por isso, vamos começar por ver quais os alimentos que melhor nos ajudam a preparar e proteger a nossa pele do sol, sem esquecer o uso de um bom creme protetor.

Protege a tua pele do sol

Protege a tua pele do sol com alimentos ricos em carotenóides – são perfeitos para manter a pele hidratada. Estes alimentos têm uma espécie de poder reconstrutivo na nossa pele já que ajudam a restaurar as zonas danificadas pelo sol. São alimentos como a laranja, a abóbora, a papaia, os espinafres, o tomate, a cenoura e os brócolos.

O peixe, as sementes de chia, cânhamo ou linho, assim como o abacate, têm um alto teor em Omega 3 que faz com que a nossa pele seja menos sensível aos raios solares. O que é que tu julgas, protege a tua pele do sol: para ficar bronzeada não basta estender a toalha!

E o que não pode mesmo faltar é uma dieta equilibrada rica em alimentos que ajudam a manter a tua pele hidratada por dentro e por fora. Esta dieta deve incluir todo o tipo de frutas e vegetais, o que para ti é ótimo pois é só lavar a maior parte et voilá! Estão prontos a comer.

Mas infelizmente a alimentação não é tudo. Também é preciso mimarmos a nossa pele por fora e isto significa protege-la do sol. Conseguir uma pele hidratada com aquele tom dourado que tu tanto gostas só é possível com a ajuda do protetor solar e do creme hidratante.

Para começar tens de fazer uma limpeza a fundo na tua pele para eliminar as impurezas e as células mortas. Isto vai permitir que a tua pele respire e que se renove. Podes utilizar um exfoliante para este efeito, mas peço-te que optes por produtos naturais, pois muitos dos exfoliantes à venda no mercado contém micropartículas de plástico que vão direitinhas para o mar, e isso tenho a certeza que tu não queres. Estas partículas são tão pequenas que não se conseguem filtrar.

Também podes optar por fazer o teu próprio exfoliante. Sai um DIY (do it yourself) para a mesa do canto. Só precisas de óleo de coco e açúcar ou de, aveia triturada e água. Depois de aplicares esta maravilha natural só tens de passar por água. Para terminares em grande, aplica o teu creme hidratante, que se tiver óleo de coco, ainda melhor! Não há receita melhor para conseguires manter a tua pele hidratada.

Outra coisa que deves fazer é uma exposição progressiva ao sol. Começa por períodos curtos nos primeiros dias e evita sempre as horas de maior calor (entre as 11 horas e as 16h30). Vou dar-te uma sugestão se tens tempo durante o dia para uma pausa aproveita para ir até à esplanada ou varanda, sei que conjugar trabalho e lazer nem sempre é fácil mas com alguma ginástica conseguem-se uns minutos para relaxar.

Por fim, e porque eu sou muito chata, não te esqueças do protetor solar mesmo que vás para o trabalho: protege a tua pele do sol! Lembra-te que a radiação solar está cada vez mais intensa mas nós também estamos cada vez mais alerta dos riscos da exposição excessiva ao sol.

Eu amo o sol mas amo mais a minha pele hidratada, e tu?

Sinais que mostram que o teu corpo necessita…

Quando não damos a devida importância aos sinais que o nosso corpo nos transmite e não satisfazemos uma necessidade básica, como comer bem ou dormir o suficiente, este sente de imediato o que pode deixá-lo doente, o mesmo acontece quando o nosso corpo necessita de sexo. A forma do corpo comunicar é através de sinais de alerta, mas é preciso saber que sinais são estes e como interpretá-los.

Como viste no post posições na cama, o sexo tem muitos benefícios para a nossa saúde. Mas chega de conversa e vamos ao que interessa saber quais os sinais que mostram que o teu corpo necessita de sexo!

  • A falta de sexo pode simplesmente influenciar o nosso estado de espírito, e os sinais são claros: autoestima baixa, pouca ou nenhuma preocupação com a aparência, baixa concentração, e tudo isto porquê? É simples, quando uma mulher tem um orgasmo, o corpo produz uma hormona chamada oxitocina que é responsável pelo bem-estar que sentimos logo a seguir, melhora a concentração, aumenta a sensação de felicidade e torna-nos mais generosas e seguras. Segundo um estudo realizado pela Universidade de Birmigham, a oxitocina tem um efeito semelhante ao efeito do álcool no nosso corpo.
  • Outro sinal de que o teu corpo necessita de sexo é uma temporada constantemente doente ou que estejas menos bem. Bem, quando fazemos sexo o nosso corpo liberta endorfina, esta hormona tem uma função analgésica sobre o sistema nervoso central e consequentemente vai ter influência em todo o nosso corpo.
  • Se notas que a tua pele está apagada e sem brilho, cor ou vida, podem muito bem ser outros sinais de que o teu corpo necessita de sexo. Quando temos relações sexuais a circulação e o oxigénio na corrente sanguínea melhoram a saúde da nossa pele. Esta oxigenação da corrente sanguínea afecta significativamente o nosso cérebro, melhora a memória e facilita a aquisição de novos conhecimentos. Se ultimamente te esqueces de tudo o teu problema não é “comeres muito queijo” mas sim, falta de sexo!
  • Outro sinal, e este é muito mais óbvio, é andares mal humorada. Quando fazemos sexo o nosso corpo produz uma outra hormona, a serotonina. Esta tem influência direta no nosso estado de espírito e é por isso que nos sentimos muito mal humoradas quando passamos uma “época de seca”, se é que me entendes.

Agora que já sabes dizer quando o teu corpo necessita de sexo, só tens que lhe dar ouvidos e interpretar os sinais de alerta à medida que estes vão surgindo. Não te esqueças do quão importante são as relações sexuais seguras para te manteres saudável! Transmite também tu sinais positivos ao corpo e à mente.

20 Livros incríveis que deves ler antes de morrer

Ler é fundamental para manter o bom funcionamento do cérebro, e os 20 livros que te vou mostrar são absolutamente incríveis. A leitura ajuda-nos a compreender melhor as coisas, leva-nos a lugares reais como imaginários, aos quais, sem a leitura não poderíamos chegar; relaxa-nos, motiva-nos… Ler, só tem vantagens!

livros incríveis

Desde 2013, que os médicos recomendam a terapia dos livros. Trata-se de um programa de leitura estrategicamente desenhado para combater pequenos distúrbios mentais, como o stress, a ansiedade, sintomas frequentes em muitos doentes. Este programa pode acelerar o tratamento desses distúrbios. Não achas interessante que a leitura possa exercer tamanha influência no nosso cérebro?

Como disse Joseph Addison “A leitura é para a mente o que o exercício é para o corpo”. Assim, da mesma forma que exercitamos o nosso corpo, também o nosso cérebro precisa ser exercitado e a leitura é a melhor maneira de o fazer. Existem outras técnicas eficazes tal como ouvir música, fazer palavras cruzadas, pintar, etc…

Aqui tens 20 livros incríveis que deves ler antes de morrer

De certo, já leste algum, ou mais que não sejas, o título não te é desconhecido de todo. Aconselho-te a leres qualquer um destes  20 livros incríveis, quando deres por ti vais estar perdida entre histórias, aventuras e personagens incríveis!

  1. O Príncipezinho, Antoine de Saint-Exupéry
  2. O Conde de Monte Cristo, Alejandro Dumas
  3. O Meu Pé de Laranja Lima, José Mauro de Vasconcelos
  4. Oliver Twist, Charles Dickens
  5. Dom Quixote, Miguel de Cervantes
  6. Capitães da Areia, Jorge Amado
  7. O Diário de Anne Frank, Anne Frank
  8. Os Filhos da Droga, Christiane F.
  9. A Metamorfose, Franz Kafka
  10. O Grande Gatsby, Scott Fitzgerald
  11. Por Quem os Sinos Dobram, Ernest Hemingway
  12. Cosmos’, de Carl Sagan;
  13. Amor de Perdição, Camilo Castelo Branco
  14. O Triunfo dos Porcos, de George Orwell;
  15. Moby Dick, Herman Melville
  16. Os Miseráveis, Victor Hugo
  17. 100 Anos de Solidão, Gabriel García Márquez
  18. O Capitão Alatriste, Arturo Pérez Reverte
  19. Orgulho e Preconceito, Jane Austen
  20. O Retrato de Dorian Gray, Oscar Wilde

Espero que tires o máximo de proveito desta seleção de 20 livros incríveis que preparei para ti. Aproveita os teus momentos livres prepara um chá ou um drink e acompanha com um saboroso chocolate e claro tudo isto descalça! Mas se achas que a minha escolha literária não está completa corre para as redes sociais e partilha as tuas sugestões de livros comigo, vou adorar!

Impressionar os sogros: o guia essencial

Chegou o momento. Tu e o teu namorado, estão preparados para deixar cair o pano e assumir a vossa relação perante as respetivas famílias. A decisão de dar este passo foi tomada, e como é óbvio também tu queres impressionar os teus futuros sogros.

Ao início vais estar um pouco nervosa e envergonhada, e com o aproximar da hora H esta sensação resume-se a um só pensamento: “Oh não, tirem-me deste filme!”

Relaxa, todas nós já passámos por isto e para que saibas: todas sobrevivemos! As linhas a seguir são sempre as mesmas: sê tu mesma e o mais natural possível, comporta-te e bla bla bla… certo? Muito bem. Se estás a pensar “vai ser canja” és uma mulher com M grande!

Porém se não passas de uma mera mortal igual a tantas outras, e se estas situações te deixam com aquele nervoso miudinho como quando fazes “match” pela primeira vez no Tinder, então vou dar-te alguns conselhos para saíres sã e salva desta situação, e com muita classe. #PorqueEuConsigo

  1. Controla os nervos…

Se queres impressionar os sogros não podes tremer como um pudim flan

Sabemos que é mais fácil dizer do que fazer, mas uma coisa é certa, quando mais relaxada estiveres mais facilmente arranjas assunto e claro não corres o risco de “meter a pata na poça”. Muitas vezes são os próprios nervos que nos traem nestas horas, por isso respira fundo!

Mini conselho: pensa que para eles só importa ver o filho feliz e contente, pouco ou nada mais precisas para os conquistar e encantar já que para eles está claro que és tu a fonte de tanta felicidade! J

  1. Um pequeno detalhe que faz toda a diferença

Não tem de ser nada do outro mundo

Só pelo facto de lhes levar algum tipo de recordação típica da tua terra ou cidade ou algo que tenhas preparado tu mesma vai demonstrar que dás valor aos pequenos detalhes.

Mini conselho: procura investigar e descobre do que gostam, pensa que tens um forte aliado ao teu lado. Aproveita! #NãoFiquesAverNavios

  1. Se és daquelas que quando tem os nervos à flor da pele lhes dá para falar até cair para o lado…

Volta ao primeiro ponto e, relaxa.

Muitas vezes, para evitar o chamado “silêncio” somos capazes deitar cá para fora palavras que não interessam nem às paredes.

Procura manter o diálogo com naturalidade. Intervém nas conversas e faz comentários com fundamento; pensa que o teu namorado também está nervoso e que quanto mais relaxada e natural estiveres mais tranquilo ele se sente.

Mini conselho: Confia em ti, a naturalidade é a arma de sedução de qualquer mulher. Olha nos olhos enquanto falas e não entres em grandes conflitos, “dá a mão à palmatória” mesmo que não estejas propriamente de acordo com o ponto de vista deles.

  1. Agradece aos anfitriões (aos teus sogros, pois tá claro)

Todos sabemos que é de boa educação agradecer

Agradece aos teus sogros a receção que preparam para ti; não duvides que também eles usaram todas as suas armas de sedução para te agradar e acima de tudo para que te sintas em casa. Deves ser educada e mostrar-te agradecida. Não custa nada, mulher!

Mini conselho: quando digo que deves estar agradecida, refiro-me a algo muito subtil, isto é, nada exagerado e muito menos forçado. Tenta não agradecer o ar que respiras!

  1. Nada de juízos de valor…

Pensa que também tu farás coisas que eles não vão gostar

Muito óbvio, certo, mas todas sabemos o quanto nos enerva que atirem a toalha húmida em cima da cama até que a) fique totalmente seca com a ajuda do calor ambiente ou b) que o edredão absorva toda a humidade.

Lembra-te do velho ditado que diz “a roupa suja lava-se em casa”.

Por mais razões que tenhas, por favor: controla-te! Pensa que estás a pisar território “inimigo” e procura dizer as coisas com respeito e boa educação.

https://giphy.com/gifs/gina-torres-latinawomen-latina-women-3o7TKA9rcoKTHPr5Oo

Mini conselho: Faz deste última palavra de ordem. Respeito cabe em todo o lado e deve ser sempre o último a perder-se numa relação.

Estes são os meus conselhos e valem o que valem! É certo que a fórmula exata e milagrosa não existe, mas respira fundo e sê tu mesma vais ver que tudo fluí com naturalidade.

Espero que estes conselhos – mais do que conselhos são recomendações – sejam úteis

Tá visto que é tudo uma questão de dias para andares descalça com o teu mais que tudo pela casa dos teus sogros.

Não te esqueças: partilha. Quem sabe não tens uma amiga nesta situação;)