All posts by spin-inter

Necessitas de uma pílula do dia seguinte

O que é a pílula do dia seguinte

A pílula do dia seguinte é um contracetivo de emergência que pode impedir uma gravidez não planeada após uma relação sexual não protegida ou por falha do método contracetivo.

Como funciona a pílula do dia seguinte

A pílula do dia seguinte atua atrasando a ovulação, no caso desta ainda não ter ocorrido. Isto significa que os espermatozoides que estejam nas trompas de Falópio não vão poder fecundar o óvulo.
A pílula do dia seguinte não tem qualquer efeito se a ovulação já tiver ocorrido, isto quer dizer que, a pílula do dia seguinte não interrompe uma gravidez em curso.

Quando tomar a pílula do dia seguinte

São vários os cenários em que podes necessitar de recorrer à contraceção de emergência:

  • Esqueceste-te de tomar a pílula mais de um dia, estavas doente ou vomitaste
  • Não usaste preservativo ou este rompeu-se acidentalmente
  • Utilizaste de forma errada o adesivo ou o anel vaginal
  • Falha no coito interrompido
  • Não usaste nenhum método contracetivo
  • Tomaste antibiótico ao mesmo tempo que o teu contracetivo habitual.
  • Outras situações que não encontres aqui descritas, ou no caso de dúvida, consulta o teu médico ou farmacêutico.

 

trombone

Que tipo de pílulas existem?

Existem dois contracetivos orais de emergência disponíveis no mercado. Os princípios ativos são:
Acetato de Ulipristal

Lançado em 2009, o Acetato de Ulipristal, é um princípio ativo capaz de atrasar a ovulação mesmo quando está prestes a ocorrer1 , que é quando o risco de engravidar é maior.

Em Portugal é vendido com o nome ellaOne e está indicada até às 120 horas após a relação sexual desprotegida ou a falha do contracetivo utilizado.

Levonorgestrel

Esta substância ativa foi lançada pela primeira vez em 1999 e está indicada até às 72 horas após a relação sexual desprotegida ou a falha do contracetivo utilizado.

Qual a eficácia da pílula do dia seguinte?

O mecanismo de ação da contraceção oral de emergência é inibir ou atrasar a ovulação, para que não seja libertado nenhum óvulo. A dose é um único comprimido, que deve ser tomado o mais cedo possível após relações sexuais não protegidas, já que a sua eficácia é maior nas primeiras 24 horas.

Referências

  1. Brache V et al. Contraception 2013; 88(5): 611-618

ellaOne 30 mg comprimido Indicado na contraceção oral de emergência, destina-se a prevenir a gravidez depois de uma relação sexual não protegida ou em caso de falha do método contracetivo. O comprimido de ellaOne deve ser tomado assim que possível, e não mais tarde do que 5 dias (120 horas) após a relação sexual. Cada comprimido contém 30 mg de acetato de ulipristal. Não tome ellaOne se tem alergia ao acetato de ulipristal ou a qualquer outro componente deste medicamento. Adequado para qualquer mulher em idade fértil, incluindo adolescentes. Pode ser tomado em qualquer momento do ciclo menstrual. Pode ser tomado em qualquer altura do dia, com ou sem alimentos. Caso vomite até 3 horas após ter tomado o comprimido, tome outro comprimido assim que possível. Não atua se já estiver grávida nem interrompe uma gravidez existente. Não utilizar como contraceção regular. A contraceção de emergência é um método ocasional e não é eficaz em todos os casos. Em cada 100 mulheres que tomam ellaOne, aproximadamente 2 ficam grávidas. Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar ellaOne: se o seu período estiver atrasado ou se tiver sintomas de gravidez; se sofrer de asma grave; se sofrer de uma doença grave do fígado. Este medicamento pode tornar os contracetivos hormonais regulares temporariamente menos eficazes. Se estiver atualmente a tomar contraceção hormonal, continue a utilizá-la como é habitual depois de tomar ellaOne, mas use preservativo sempre que tiver relações sexuais até voltar a ter o período. Não utilize ellaOne juntamente com outro contracetivo de emergência que contenha levonorgestrel. Não deve amamentar durante uma semana após a toma deste medicamento. Se o seu período estiver mais de 7 dias atrasados ou se experienciar sintomas de gravidez depois de tomar ellaOne, deve fazer um teste de gravidez. A contraceção de emergência não protege de infeções sexualmente transmissíveis. Contém lactose. Leia atentamente o rótulo e o folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico. Medicamento não sujeito a receita médica de dispensa exclusiva em farmácia. Data da revisão: abril 2016 Titular de AIM: Laboratoire HRA Pharma, 15 rue Béranger, 75003 Paris, França, NIF: FR 67 420 792 582 Representante local: HRA Pharma Iberia, S.L., Sucursal em Portugal; Av. da Liberdade, 110, 1º, 1269-046 Lisboa; Portugal.

O que dizem as mulheres

beautiful young woman with white dress“Tive medo de engravidar porque o preservativo rompeu-se. Fui a uma farmácia e comprei a pílula do dia seguinte. Não sei o que teria acontecido se não tivesse tomado contraceção de emergência. A história podia ter tido um desfecho diferente; nem quero pensar nisso.”


“Steenagerei que existe a contraceção de emergência porque os meus pais falaram-me sobre isso.  Penso que não vou precisar de a usar, mas nunca se sabe. É bom saber que existe, por via das dúvidas!”


Woman working online

Uma vez, fui sair e conheci um tipo lindo de morrer. Acabámos por não usar preservativo. Na manhã seguinte, fomos à farmácia e comprámos a pílula do dia seguinte, por via das dúvidas. Acho que vale bem quanto custa. Se tivermos um imprevisto, é a coisa certa a fazer. Se precisarmos, bom, precisamos e vamos buscá-la.”


perfect day

Tomei a contraceção de emergência porque o preservativo rompeu-se. E foi isso, tive de ir comprá-la.”

 


Businesswoman

 

“Sei que se deve tomar a pílula do dia seguinte logo que possível. É realmente cómodo ir diretamente à farmácia. Não ia sentir-me à vontade a falar de sexo com um médico que conhece a minha família e me conhece a mim.”


caucasian_woman3

Tenho a contraceção de emergência em casa, porque estou a tomar a pílula e já me esqueci de a tomar uma ou duas vezes. É tranquilizante saber que já tenho uma pílula de contraceção de emergência pronta a tomar com antecedência.

Sugestões para evitar acidentes de contraceção

Os acidentes de contraceção podem acontecer a qualquer pessoa. Aqui estão algumas sugestões para a ajudar:
  • Esteja preparada. Tenha sempre consigo preservativos.
  • Não utilize lubrificantes à base de óleo com preservativos de látex, uma vez que estes podem enfraquecer e romper.
  • Tenha cuidado ao tirar o preservativo da embalagem, sobretudo cuidado com as unhas e as jóias.
  • Guarde os preservativos corretamente, para não ficarem demasiado quentes ou danificados.
  • Certifique-se de que os preservativos estão dentro do prazo de validade.
  • Utilize as aplicações dos fabricantes de pílulas, ou utilize as funções de aviso ou calendário no seu telemóvel, para definir alertas diários para recordá-la de tomar a sua pílula contracetiva.
  • Certifique-se que segue as orientações corretas caso se esqueça de tomar a pílula contracetiva. Consulte o folheto informativo da sua pílula.
  • Inscreva-se para receber alertas pelo telefone ou SMS gratuitamente de alguns fabricantes.
  • Defina um aviso no telemóvel para retirar e introduzir o seu anel vaginal.
  • Defina um aviso semanal no telemóvel para trocar o seu adesivo.
  • Defina um aviso no telemóvel para levar a sua próxima injeção contracetiva.
  • Não parta do princípio de que se vai lembrar. Não corra riscos.

contraceptivos de emergência

Planear o que dizer

Pode ser útil planear o que vai dizer ao farmacêutico. Aqui estão algumas ideias:

  • “Queria a pílula contracetiva de emergência, por favor.”
  • “Tive um acidente com o meu método contracetivo e quero a pílula do dia seguinte, se faz favor.”
  • “Posso falar com alguém sobre a contraceção de emergência?”

Leve alguém consigo, se isso a deixar mais à vontade.

pharmacist6

Consultas sem complicações

Obter ellaOne®deve ser simples e sem complicações.

O farmacêutico pode fazer-lhe algumas perguntas, apenas para verificar se ellaOne® é adequado para si.

Não precisa de ficar atrapalhada. Lembre-se que o profissional de farmácia lida diariamente com todos os tipos de situações sensíveis – estes profissionais irão fazer com que se sinta o mais à vontade possível com esta experiência.

pharmacy_interaction

 

A pílula contracetiva depois de ellaOne®

Utilize sempre um método contracetivo de barreira fiável, como preservativos, até ao próximo período1
Começar a tomar a pílula contracetiva Continuar a tomar a pílula contracetiva
Se deseja começar um método regular de contraceção depois de utilizar ellaOne®, pode fazê-lo, mas também deve utilizar o preservativo até ao próximo período. ellaOne® pode fazer com que os contracetivos hormonais regulares, como as pílulas e os adesivos, fiquem temporariamente menos eficazes. Se atualmente está a tomar contraceção hormonal, depois de tomar ellaOne® continue a fazê-lo como habitualmente, mas certifique-se de que utiliza o preservativo todas as vezes que tiver relações sexuais, até ao próximo período.

Red condom with packings isolated on white

Referências

1. Resumo das características do medicamento ellaOne®

Relações sexuais depois de tomar ellaOne®

Red condom with packings isolated on whitePode manter relações sexuais depois de tomar ellaOne®

Mas atenção depois de tomar ellaOne®, se quiser ter relações sexuais, utilize sempre um método contracetivo de barreira fiável, como por exemplo o preservativo, até ao próximo período, mesmo que utilize uma pílula contracetiva regular.1

Referências

1. Resumo das características do medicamento ellaOne®

Como é que sei se funcionou?

Irá saber que ellaOne® funcionou quando começar o seu próximo período menstrual.

Depois de tomar ellaOne®, a maior parte das mulheres tem um período normal na data prevista. Contudo, podem existir casos de antecipação ou atraso1

Se o seu período se atrasar mais de 7 dias, ou se for invulgarmente ligeiro ou invulgarmente intenso, ou se tiver sintomas como dor abdominal, náusea, vómitos ou dor mamária, ou se tiver alguma dúvida quanto à possibilidade de estar grávida, faça um teste de gravidez1.

Gravidez depois de ellaOne®?

Se tomou ellaOne® acidentalmente durante a gravidez, ou se engravidou apesar de ter tomado ellaOne®, a HRA Pharma (titular da Autorização de Introdução no Mercado de ellaOne®) está interessada em receber mais informações sobre a sua gravidez. A informação é anónima para preservar a sua confidencialidade. Pode comunicar as informações em www.hra-pregnancy-registry.com, ou pedir ao seu médico que o faça por si. Aconselhamo-la vivamente a contactar o seu médico o mais cedo possível1.

Referências

1. Resumo das características do medicamento ellaOne®

ellaOne® é bem tolerado

Como todos os medicamentos, ellaOne® pode causar efeitos secundários, embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Os efeitos secundários relatados com maior frequência foram dor de cabeça, náuseas (sentir-se enjoada), dor abdominal e período menstrual doloroso1

Estes são também possíveis sinais de gravidez. Se o período se atrasar mais de 7 dias após a data prevista,  se for invulgarmente ligeiro ou invulgarmente intenso deve fazer um teste de gravidez1

Se tiver quaisquer efeitos secundários, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Referências

1. Resumo das características do medicamento ellaOne®