7 sinais de que estão prontos para morar juntos

Ir viver com um parceiro é o grande passo antes do “grande passo”. Mas será que estão prontos? Confere 7 sinais de que chegou a hora.

Ir morar com alguém é um passo enorme e importantíssimo numa relação. Muitos casais admitem que a decisão de morar juntos foi mais significativa que, de facto, casar, porque envolve uma mudança muito, muito maior.

Será que existe uma altura certa? Não há uma resposta consensual para esta pergunta. Não há uma data limite ou um prazo, se bem que é aconselhável ir com calma, já que é uma decisão que implica, necessariamente, muitos ajustes, de parte a parte.

Morar juntos: os sinais verdes

Viver com o teu parceiro pode ter duas consequências: o fim de um relacionamento, ou o começar de uma nova etapa maravilhosa para os dois, que anuncia uma relação duradoura e feliz.

Mas nem sempre se está preparado para tal, embora o coração grite “SIM”. Confere estes sinais de que estão prontos para morar juntos.

#1 – Conhecem-se muito, muito bem

Ainda que os filmes e séries façam parecer o contrário, ir morar com alguém que conheces há três semanas raramente é boa ideia. Alguns experts dizem pelo menos seis meses, outros um ano… não existe uma fórmula mágica.

No entanto, se tudo o que sabes sobre ele é que é um aficionado de Game of Thrones, ainda não estão preparados para partilhar uma renda, um contrato e uma casa.

 

#2 – Conhecem e respeitam os hábitos do outro

Fun fact: há pequenas coisas que se tornam muito importantes quando vives com alguém. Por exemplo, tu gostas de dormir com as persianas completamente fechadas, na escuridão total, e ele dorme com tudo aberto, ou até com o candeeiro aceso: quem vai ceder? Tens uma paixão desmesurada por gatos, e ele acha que são os animais mais repugnantes de sempre? Talvez tenham de conversar seriamente sobre os vossos hábitos e perceber como os vão conjugar.

 

#3 – Conseguem falar de dinheiro sem problemas

A realidade de morar juntos não é só amor e uma cabana. O dinheiro é uma causa frequente de ansiedade e stress nas relações. Certifica-te de que ambos são honestos acerca das vossas finanças antes de irem morar juntos. Quando as contas começarem a chegar vai ser mais fácil lidar com qualquer problema que possa surgir.

 

#4 – São ambos independentes

Independentes em duas frentes: emocionalmente e financeiramente. Se és uma pessoa emocionalmente dependente, morar com o teu parceiro pode não ser uma boa opção, pelo menos enquanto não resolveres essa parte da tua vida.

É importante que tenham os vossos hobbies pessoais, os vossos interesses e que os mantenham, em vez de criarem uma co-dependência que pode ser tóxica. Financeiramente falando, se um de vocês ainda não for independente, ou ambos, ir morar juntos pode ser uma decisão a tomar mais adiante na vossa relação.

 

#5 – Conseguem resolver problemas e recuperar de discussões

Morar juntos significa ter de lidar com problemas inesperados. Obras, reparações, compras avultadas… e significa também passar grande parte dos vossos dias juntos. É inevitável que haja uma ou outra discussão. Conseguem lidar com as zangas e fazer as pazes? Se sim, ótimo sinal!

 

#6 – Já foram de férias juntos e foi fantástico

Ir de férias com ele é uma espécie de test-run para irem morar juntos. Uns dias a viver com ele, a fazer uma rotina, a pensar o que almoçar, o que jantar, coordenar hábitos de casa de banho, etc…

Passar umas férias antes de começarem a morar juntos vai dar-vos uma ideia de como se relacionam no mesmo espaço, fora do quarto, e como lidam com a presença do outro.

 

#7 – Conseguem comunicar abertamente

Comunicar aberta e honestamente é essencial, não só quando pensam morar juntos, mas também para uma relação saudável. Lembra-te que ao viver com o teu parceiro não há como fugir de certas conversas (nem devem!).

Ao tomarem a decisão, devem falar sobre estes tópicos, conversar e analisar em que ponto está o vosso namoro, e se é tempo de darem o próximo passo.

Será que és pró em conversa de almofada?

 

Começar uma vida a dois com alguém é excitante e divertido. Mas, para isso, têm de continuar a ter tempo para namorar, respeitar o espaço do outro e usar proteção – a não ser que queiram começar uma família já. Lembra-te: o melhor sexo é o sexo seguro!

E no caso de acidentes, tens sempre a tua ellaOne, em farmácias de Norte a Sul do país, sem necessidade de receita médica.

Em que ponto é que achas que a tua relação está? Prontos para trocar chaves, comprar um tapete de entrada e ir morar juntos? Partilha com as tuas amigas!

Em ellaone.pt, encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne®.