Novo amor? Como perceber se estás mesmo apaixonada.

Ups! As borboletas invadiram-te o estômago e não paras de te perguntar “será que estou apaixonada”? Confere estas nossas dicas e descobre!

“Não, não, não. Eu não estou apaixonada. Ou estou?”. Se este pensamento ocupa a tua cabeça dia e noite nos últimos tempos, bem-vinda ao clube do been there, done that. Estar apaixonada é um misto de felicidade e de total agonia: num momento parece que levitas e que consegues voar, no outro queres meter-te na cama e esconder-te dos teus sentimentos durante um milénio. Às vezes até pensas que seria melhor ele conseguir um trabalho na Nova Zelândia e deixar de usar qualquer tipo de nova tecnologia.
Bem, temos más notícias, é sempre assim. Se ele se tornar eremita e desaparecer para sempre, as malditas borboletas vão continuar. Os suores frios também. E a quantidade de coisas ridículas que dizes por dia (efeito secundário de estar apaixonada) não vai diminuir.
Então, como saberes se estás mesmo apaixonada? Nós ajudamos!

Ouvimos o teu pedido, e viemos em teu socorro. Será que estás apaixonada? Vamos descobrir.

1. Estás sempre a olhar para ele

Quando ele está por perto, não consegues tirar os olhos dele. E quando ele não está, o Instagram dele é o ar que tu respiras. É assim? Bem, a ciência diz-nos que quando estamos fixadas em alguém, queremos olhar para esse alguém para sempre. E, que quanto mais olhamos, mais gostamos. Sim, é como uma pescadinha de rabo na boca.

2. Estás sempre a pensar nele

… e, consequentemente, não pensas em mais nada. Pois bem, é bastante provável que estejas apaixonada. A cura para isto? Recomendamos que tenhas muita, muita paciência, para dar e vender, porque as tuas amigas também vão precisar!

3. Não queres nada sério, mas já escolheste a cor do vestido de noiva

Quando estamos a ficar apaixonadas é normal começarmos a fazer imensos planos – ainda que saibamos que é um pouco ridículo. Não te sintas mal se passas os teus dias a imaginar cenários (normalmente bons) completamente exagerados, como casamento, conhecer amigos, presentes, etc. Toda a gente faz isso – somos o grupo do been there, done that, lembras-te? – e normalmente isto significa que a resposta a “estou apaixonada?” é SIM.

4. Achas que os teus pais, avós e, na realidade, toda a tua família, iam adorá-lo

Apresentar alguém à família e amigos é muito importante para a maioria de nós. No entanto, os amigos tendem a ser mais permissivos e por isso mesmo são os primeiros a quem se apresenta, e a família normalmente fica para mais tarde. Se fantasias com exibi-lo perante a tua tia que critica sempre os teus namorados… senta-te, bebe um golo de água e respira… achamos que podes estar apaixonada.

5. Ele não tem defeitos!!

Uma outra coisa que fazemos quando estamos apaixonadas é focarmo-nos apenas nos aspetos positivos daquela pessoa. E, assim, durante uns tempos, parece que aquela pessoa é demasiado boa para existir, que é perfeita, não tem defeitos. Mais do que isso, até as coisas que normalmente acharíamos nojentas ou desagradáveis nos parecem qualidades! Falamos de pôr o dedo no nariz, arrotar ou dar puns. Portanto, se ele é absolutamente perfeito, o arquétipo da perfeição, o pináculo da criação… podes acrescentar “estou apaixonada” à tua lista de características.

6. Precisas de estar perto dele para respirar

Uma outra sensação que acontece quando estás apaixonada, é um sentimento de dependência emocional. E, claro, mudanças de humor repentinas. Se estás com ele estás feliz, irrequieta, entusiasmada, a sorrir, está tudo bem! Se estás longe dele, estás triste, deprimida, tudo te irrita e tudo estaria melhor se ele estivesse aqui. Desde que não deixes este sentimento crescer dentro de ti (tens que fazer um exercício mental e dizer para ti própria: “Calma, ele não é o meu salvador, eu (só) estou apaixonada”) estes sentimentos são normais e indicadores de paixão…

7. Mas quando estás com ele… só dizes coisas idiotas!

E, o efeito secundário mais comum de estar apaixonada é, indubitavelmente, só dizer coisas ridículas pela boca fora. Porque é que fazemos isso? Não sabemos dar-te a resposta exata, mas os altos níveis de stress que vivemos quando estamos apaixonadas têm muito a ver com isso. Não te martirizes. Vais sobreviver. Prometemos!
Então, o que é que ganhou? O “Sim, estou apaixonada” ou o “Hoje não, Cupido!”? Conta-nos tudo e partilha com uma amiga que foi devorada pelas borboletinhas da paixão!

Se a tua dúvida é entre se é mesmo amor, ou se será só paixão, confere o nosso guia para saberes as diferenças entre paixão e amor.

Em ellaone.pt, encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne®.