Archives

Os melhores destinos para viajarem a dois em 2019

Querem fazer uma escapadinha romântica? Ou é mais um retiro para se dedicarem um ao outro? Confere os melhores destinos para viajar a dois neste novo ano!

Viajar com a tua cara-metade é uma das melhores coisas de sempre e um dos melhores testes à relação, diga-se. Permite deixar a rotina e explorar algo novo juntos. Podes pensar que, desde que estejam juntos, o sítio não é assim tão importante. É verdade, mas já que vais sair, porque não tornar a viagem ainda mais especial num destes 12 locais?

Destinos para visitar a dois

Ilha de São Jorge, Açores

Os Açores são uma pérola no Atlântico, para a qual há voos diretos de todos os aeroportos de Portugal Continental. Desfrutem da natureza, das vistas, da proximidade do mar profundo e deixem-se seduzir por um ritmo de vida mais calmo. Reaprendam a dar valor às coisas pequenas e aproveitem para se conhecerem (ainda) melhor.

Florença, Itália

A cidade de Florença, o berço da arte Renascentista, é uma das mais bonitas de toda a Itália, com as suas catedrais e pontes lindíssimas. Esta cidade romântica é um autêntico museu ao ar livre, com estátuas e monumentos a cada esquina. Perfeita para apimentar o namoro!

 

Nice, França

Se em Itália reina a língua da sedução, em França fala-se a língua do amor. E Nice, uma cidade costeira com praias belíssimas, já inspirou escritores e artistas como Van Gogh, Picasso ou F. Scott Fitzgerald. Todos se apaixonaram por (e em) Nice.

Berlim, Alemanha

A maior cidade de Alemanha espera por vocês, numa escapada romântica que vai ser muito animada. Berlim é uma cidade super trendy, com uma cultura de sair à noite fenomenal, muita música eletrónica e preços muito acessíveis.

o que fazer antes, durante e depois de uma viagem!

Amesterdão, Holanda

Os canais de Amesterdão são um must see, tal como o passeio de bicicleta ou a viagem de elétrico. E se achas que conheces o único atrativo de Amesterdão, estás muito enganada: a cidade fica toda iluminada de noite, a sua arquitetura é deslumbrante, os cafés são acolhedores e já referimos que as ruas estão cheias de flores?

Cracóvia, Polónia

Cracóvia é uma cidade encantadora: é pequena, histórica e muito aconchegante. Além disso, tem imensa oferta cultural a preços muito convidativos. Passear de mãos dadas por entre castelos e lendas de dragões… onde é que eu já viste essa série?

Dubrovnik, Croácia

E já que falamos de dragões, Dubrovnik é palco de muitas cenas de Game of Thrones, e vale muito a pena a visita, com as suas praias mundialmente conhecidas, e a sua beleza arquitetónica. A pérola do Adriático, ou Atenas eslava, fica a menos de 5 horas de voo, ideal para um fim de semana prolongado.

Já conheces as melhores aplicações para viajar?

Budapeste, Hungria

Ora, arquitetura, vida noturna, comida, termas de água quente, museus e cultura… é isto que vão encontrar em Budapeste, linda de morrer! E podem jantar a bordo de um cruzeiro que tem uma vista privilegiada para a cidade espantosamente iluminada. Haverá melhor?

Fez, Marrocos

A cidade de Fez é uma verdadeira explosão dos sentidos: as cores, os cheiros, o ritmo movimentado, a música na rua… é o sítio perfeito para desconectar da realidade e aliviar o stress. Além disso, é uma das cidades mais instagramáveis, com padrões hipnotizantes para fotografias cinco estrelas.

Buenos Aires, Argentina

São preciso dois para dançar o tango, e onde melhor se dança é em Buenos Aires. Ainda não estás convencida? Então aqui ficam mais motivos: Praça de Maio, Caminito, Avenida 9 de Julho, Teatro Colón, La Bombonera… são tudo sítios de paragem obrigatória nesta cidade inesquecível!

Porque é que é melhor investir em momentos do que em coisas?

Rio de Janeiro, Brasil

Uma viagem ao Rio é perfeita para quem quer passar umas férias mais longas, porque vai ser difícil passar pouco tempo nesta cidade lindíssima, enorme e com tanta influência portuguesa. Aproveitem um passeio pela Praia de Copacabana e refresquem o vosso amor com uma água de coco.

Ilha do Sal, Cabo Verde

Alguém disse paraíso? Nós respondemos: Ilha do Sal! Praia, mar, mergulhos, resorts, areia branca… que sonho! Há ainda salinas, crateras de vulcão, lagoas, grutas… e muito sol para relaxar e se reconectarem um com o outro.

 

Não te esqueças de levar contracetivos. Em alguns países é muito difícil consegui-los, e mais vale prevenir do que remediar.

Não te esqueças de levar contracetivos. Em alguns países é muito difícil consegui-los, e mais vale prevenir do que remediar.

Já decidiste onde vão ser as vossas férias a dois? Então partilha com aquela tua amiga a quem vais enviar um postal!

Em ellaone.pt, encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne®.

Feminismo: o que é e o que não é

O feminismo e os feministas estão na boca do mundo, mas estaremos todos a falar da mesma coisa? Vê um guia rápido sobre o que o feminismo é e o que NÃO é.

 

Muito se tem ouvido a palavra “feminismo” e “feminista”, em assuntos que respeitam igualdade (ou desigualdade) de género. No entanto, existe ainda um grande desconhecimento sobre este movimento.

Feminista, que horror!” ou “Eu não sou feminista, nem quero!” são expressões que ouvimos e lemos todos os dias, seja qual for o tema. Será que não há pessoas a precisar de perceber o que é (e o que não é) o feminismo? Vamos daí.

O que o feminismo NÃO É

Para te ajudar a navegar no dia-a-dia do falso feminismo, criámos uma lista dos principais comportamentos, conceitos e ideias que não passam de mitos. Nascem na cabeça de homens e mulheres, nos sítios e momentos mais imprevistos. Se os ouvires fica atenta, porque provavelmente estás perante quem nunca percebeu o que é de facto o feminismo. Confere a lista:

O feminismo NÃO é…

  • a crença de que a mulher é superior ao homem.
  • antónimo de machismo.
  • odiar homens, ou misandria.
  • sinónimo de lesbianismo ou homossexualidade.
  • rejeitar a feminilidade.
  • o tratamento especial das mulheres.
  • exclusivo de mulheres ou exclusivamente feminino.
  • queimar sutiãs.
  • usar preconceitos sexistas a favor das mulheres.
  • a mesma coisa que ser naturista.
  • ignorar a diferença entre género e sexo.
  • ignorar a opressão que alguns homens sofrem.
  • ficar zangado quando um homem segura uma porta.
  • achar que é errado ser dona de casa.
  • não querer ter filhos ou não querer casar.
  • culpar todos os homens pelas ações de um
  • desculpar todas as mulheres.

Se por acaso incluías algum dos pontos desta lista na tua imagem mental de feminismo, não te preocupes. É normal, com a quantidade de desinformação sobre o tema. Agora, risca e segue para o que é verdadeiramente ser feminista.

O feminismo é, SIM

O feminismo é, SIM, um conjunto de movimentos políticos e sociais, ideologias e filosofias que têm um objetivo comum: definir, estabelecer e alcançar igualdade de género política, económica, pessoal e social.

Entre outras coisas, o feminismo é, SIM, uma forma de ver as pessoas como seres humanos, em vez de os segregar em grupos, em que uns são superiores aos outros. É saber reconhecer que não só as mulheres sofrem repressão e opressão. É exigir o direito de todos se vestirem como querem, estudarem e trabalharem, com condições justas, independentemente do género.

Basicamente, o feminismo defende a igualdade de direitos e oportunidades entre os géneros. Nada mais. Não existe um complô das feministas para acabar com os homens, não existe uma conspiração para dominar o mundo, nem sequer existe uma vingança por todos os anos de opressão.

Ser tóxica é uma escolha pessoal… que escolhes tu?

Lembra-te, sem o feminismo não podias votar, não podias conduzir, não tinhas acesso a contraceção, não podias estudar, não podias ter um salário justo, não podias divorciar-te, não podias ter filhos sem estar casada, não podias tomar uma decisão sem o consentimento do teu marido ou pai, não podias ter uma conta bancária ou qualquer tipo de propriedade, e não podias tomar decisões sobre o que se passa no teu corpo.

Felizmente, a sociedade mudou e, apesar de ainda haver um longo caminho a percorrer, temos de agradecer às mulheres e homens que lutaram durante anos para que tu e outras mulheres estejam mais próximas da igualdade. Isso é o feminismo.

conheces a tendência Body Positive?

No entanto, não podemos dizer que o feminismo já não é necessário na sociedade. A luta pela igualdade está longe de terminar! Ainda há milhares de meninas que não podem ir à escola porque não têm acesso a produtos de higiene feminina, mulheres que são violadas legalmente pelos maridos, mulheres que não podem votar, conduzir, casar-se, divorciar-se ou trabalhar sem autorização de um guardião, mulheres que são culpabilizadas pelas ações dos seus agressores, milhões de pessoas que consideram o género feminino inferior, e a lista continua, e continua, e continua…

E tu? Continuas a dizer que não és feminista?

Em ellaone.pt, encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne®.

12 meses, 12 experiências: tira o melhor partido do novo ano

2019 é o ano em que te vais manter ativa, sair da zona de conforto e ser feliz.

Confere 12 experiências para 12 meses deste novo ano.

 

Ano 2019: uma experiência para cada mês

Porque tudo tem o seu tempo – e normalmente tentas fazer tudo de uma vez – deixamos-te estas ideias de experiências que devias viver em 2019, mês a mês.

Janeiro: dá uma chance ao yoga

Ok, mas desta vez é para ser mesmo. Para de procrastinar e começa o ano da melhor maneira: a cuidar da tua mente e do teu corpo. Por isso, vai e inscreve-te nas aulas de yoga que andas a adiar há tanto tempo ou desenterra aquela lista do YouTube com os vídeos de yoga para principiantes.

Fevereiro: torna a tua dieta mais saudável

Agora que te tornaste mais ativa (e que os doces de Natal, de Ano Novo e de Reis já acabaram) é hora de te dedicares mais à tua alimentação saudável. Todos adoramos noodles instantâneos e comida de micro-ondas – é fácil e rápida – mas será que é boa para a tua saúde? Newsflash: não. Fevereiro é o mês para começares a tratar da tua alimentação – mas podes fazer uma exceção no dia dos namorados, é justificado. E já agora, conheces o Slow Food?

Março: começa a correr (a sério)

Com a ajuda do yoga (que já vens a praticar desde Janeiro, certo?) e com uma alimentação mais saudável, já estás preparada para tirar esses ténis do fundo do armário, limpar-lhes o pó, e começar a correr! Não vamos dizer que não custa. Custa. Mas custa cada dia menos.

Abril: inscreve-te num curso, aula ou workshop

Abril é aquele mês em que nada acontece realmente. Em Abril, águas mil, e isso resume mais ou menos este mês. Por isso, inscreve-te numa atividade onde possas aprender algo novo – sim, aquilo que sempre quiseste mas nunca fizeste. Fotografia, desenho, cozinha, uma língua nova… Só precisas de escolher e de te comprometer. De que estás à espera?

Maio: faz uma pequena escapada

O quinto mês parece perfeito para uma escapadinha! Romântica, com amigos ou mesmo sozinha, só precisas de um fim de semana prolongado para visitar aquela capital que ainda não conheces. Sê espontânea! Vê todas as dicas para viajar sozinha, e parte à aventura!

Sabes os essenciais para viajar sozinha?

Junho: acampa debaixo das estrelas

Junho e o Verão estão aí. Ou seja, é a altura perfeita para tirar o material de campismo e ir passar uma ou duas noites ao relento, num sítio onde consigas apreciar a natureza. Aproveita para te desligar da tecnologia – ok, podes levar a câmara, mas não podes editar as fotos lá – e estar em comunhão contigo própria.

Julho: uma viagem inesquecível

Sabes aquela viagem com que andas a sonhar (e para a qual andas a poupar) há anos? Julho é perfeito para ela. Mesmo a meio do Verão, quando estamos com mais energia para aventuras e novas experiências. Pensa em grande: Índia, Nepal ou Argentina? A Austrália é o limite! Além disso, já tiveste meio ano para planear, por isso agora é só executar!

Vê o que fazer antes, durante e depois de uma viagem.

Agosto: faz uma staycation

O mês de Agosto pode ser deprimente. Por isso mesmo, em vez de desdenhares de todos os que conseguiram férias em Agosto e deixaram a cidade completamente vazia, faz uma pequena staycation de verão. Como? Sê turista na tua cidade ou, se conseguires, no país todo.

Setembro: celebra a chegada do Outono

Qual é a melhor forma de desviar uma depressão pós-verão? É celebrar a chegada do Outono! Junta os amigos e família, e dá uma festa daquelas! Manda o Verão embora e abre as portas à estação mais melancólica.

Outubro: clube de leitura

Se nunca tens motivação para ler, juntares-te a um clube de leitura é a melhor forma de ter vontade de acabar aquele livro que arrastas há meses. Não há um clube de leitura perto de ti? Porque não começas um?

Novembro: tempo para meditar

Com os dias a ficar mais curtos, o stress do Natal a bater à porta, os planos para a passagem de ano, e mais isto e aquilo, a tua cabeça deve andar um pouco ocupada, não? Momento perfeito para começares a meditar. Compra um livro que te ensine as técnicas mais comuns de meditação e pratica, no mínimo, semanalmente. Prometo que te vais sentir muito mais leve, calma e organizada.

Dezembro: dedica-te ao voluntariado

Para acabar o ano em beleza, sê solidária! Faz voluntariado numa associação que conheças, a recolher ou distribuir alimentos aos mais carenciados, faz companhia a idosos que estão sozinhos, ou umas horas no canil local. O espírito do Natal é mais do que consumo: é dar, de forma desinteressada e altruísta. E o retorno é dos melhores que se pode ter.

Tens algum plano épico para este ano? Aquele que sempre quiseste fazer? Então aproveita e partilha-o com aquela amiga que vai ser a tua companheira de mudança em 2019!

Em ellaone.pt, encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne®.

 

2019: o ano para te focares em ti própria

2019: o ano para te focares em ti própria

2019 está a chegar e procuram-se resoluções de ano novo! A mais importante? Tu vais ser a tua prioridade!

Todos os anos, no final do ano, fazemos montes de resoluções: vou sair mais, vou ser mais aberta a aventuras, vou estar mais com o meu namorado… Mas quantas dessas resoluções são feitas a pensar em nós próprias? Pois. És daquelas que põe sempre os outros à frente de ti mesma? Então 2019 é o TEU ano! É o ano em que te vais focar em ti própria.

Vê 7 formas de pores a ti e ao teu bem-estar em primeiro lugar, em 2019!

2019: o teu ano

Não quer dizer que deves ignorar os amigos, família, ou uma relação. O único desejo é que te coloques na tua lista de prioridades. Se tu não te amares, quem te vai dar amor? É isso mesmo, 2019 é o ano do amor-próprio.

#1. Decide o que queres fazer e o que te faz feliz

A vida é curta e é para ser vivida com alegria, com felicidade e com vontade. Se odeias o teu trabalho, considera uma mudança de carreira. Sim, é possível! Tens de fazê-lo com cuidado, mas uma vez que entres no minsdet, tudo é possível. Promete-te: a partir de 2019 só coisas que te fazem feliz!

 

#2. Visualiza a tua vida como queres que ela seja

Quando adotamos um pensamento positivo e otimista, é mais fácil chegarmos aos nossos sonhos e objetivos. Não acreditas? Experimenta! Imagina a vida que queres, imagina os teus sonhos tornados realidade… e agora, persegue-os! Leva a tua vida em 2019 com mais otimismo. Sê positiva, permite-te!

E se és rainha a procrastinar, vê aqui como podes ser mais produtiva.

 

#3. Descobre o que podes melhorar

Ninguém é perfeito, e tu também não. Mas que isso não seja desculpa para deixares de tentar ser uma pessoa melhor. Trabalha os teus conflitos interiores, enfrenta os problemas. Vais aprender muito sobre ti e vais ficar mais leve. 2019 é o primeiro ano do resto da tua vida!

Sabes o que é a tendência Body Positive?

 

#4. Faz mais exercício

Ok, tinha mesmo que por este aqui, não é? Exercício. Promessa. 2019. Esta resolução é aquela que se repete todos os anos há… 10 anos? Não faz mal, este ano é mesmo a sério. Fazer exercício é bom para a saúde, não só física, como mental. Reduz o stress, a ansiedade, ajuda a dormir melhor e ainda te ajuda a ficar saudável. Só custa começar, depois, é sempre em frente!

E já que falamos de exercícios, já fizeste os teus Kegels hoje?

 

#5. Poupa dinheiro para aquela viagem

Já andas a adiar aquela viagem há tantos invernos… mas isso acabou agora. Em 2019 vais fazê-la ou, então, vais conseguir poupar o suficiente. Investe nos teus sonhos, nas coisas que te fazem feliz. Vê algumas dicas para viajar sozinha!

 

 

#6. Deixa esse peso para trás

Não, não estamos a falar de dietas nem de perder peso. Estamos a falar daquele peso que vem contigo há anos. Larga esse peso, deixa-o para trás. Seja aquele arrependimento, uma culpa, inseguranças, receios… larga tudo. Respira fundo e recomeça.

Não podes mudar o passado, nem saber o futuro, a única coisa a fazer é viver o presente da melhor forma. Então, perdoa-te pelos erros antigos, deixa de alimentar ansiedades e vive o agora.

 

#7. Mima-te!

Há quanto tempo não dás um desconto a ti própria? Pois, nem te lembras. Mas 2019 vai ser o ano em que te vais mimar! Permite-te um fim-de-semana de pijama, aquele concerto que tanto queres, um binge watching dos filmes de Harry Potter, uma máscara facial…

Sem culpas porque devias estar a trabalhar, ou porque os teus amigos te convidaram para sair, ou porque é o aniversário da tua colega de trabalho. Em 2019 procura ter o teu me time e mima-te!

Mas, acima de tudo, toma controlo sobre a tua vida e o teu futuro. Conhece mais sobre a pílula do dia seguinte ellaOne®1. Porque os acidentes acontecem!

 

Já decidiste onde vai ser a tua viagem? Vemo-nos em 2019, o teu ano!

 

Em ellaone.pt, encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne®.

O fim das férias: regressar à rotina sem stress

As férias acabaram. E agora? É o fim? Nada disso! É apenas o fim das férias. Vê como regressar à rotina, sem complicações e sem stress.

O fim do verão é sempre uma altura complicada porque, normalmente, implica que as férias chegaram ao fim e que tens de voltar à rotina. Há quem sofra de depressão pós-férias, quem se sinta esgotado ou mesmo quem não consiga voltar à rotina tão rapidamente como gostaria.

Se és uma destas pessoas, não estás sozinha!

Descobre algumas dicas para te ajudar a voltar a entrar no ritmo, depois do inevitável “fim das férias”.

Velhas rotinas: como lidar com elas?

Deitar cedo, acordar ainda mais cedo, trabalhar sem parar, preparar as refeições do dia seguinte… Socorro! São demasiadas coisas a acontecer ao mesmo tempo e tu ainda não estás preparada. As palavras de ordem são muita calma”. O fim das férias não é o fim do mundo e sim o início de uma etapa.

Guarda algum tempo para te preparares para o que aí vem

Voltar de uma viajem longa e ir trabalhar no dia seguinte não é uma boa ideia. Regressa um pouco antes – o ideal é mesmo uns dias antes – para que tenhas tempo de sair do mood férias e descansar. Sim, leste bem: descansar!

Mesmo que as tuas férias tenham sido muito calminhas é preciso descansar delas, porque, na verdade, o descanso é para o cérebro!

Entra nas rotinas gradualmente

Antes das férias, tinhas aulas de yoga duas vezes por semana, ias ao ginásio três e ainda encaixavas a dança ao sábado de manhã? Parece ótimo mas não queiras voltar a essa rotina mais depressa do que o teu corpo e a tua mente permitem!

Para evitar o stress de “voltar”, fá-lo gradualmente. Por exemplo, começa a praticar desporto uma vez por semana e se realmente tiveres energia para tal. À medida que fores entrando no ritmo, aumenta a frequência para o que era habitual.

Muda alguma coisa

O fim das férias e o regresso às rotinas e hábitos que associas a não estar de férias, podem causar grande tristeza e até saturação. Para evitar isto, modifica as tuas rotinas anteriores só um bocadinho… Como?

Faz algo novo: muda de visual ou a disposição da mobília da sala, descobre um caminho diferente para o trabalho… Há tantas hipóteses! Não entres em modo “piloto automático” e traz algo de novo à tua vida, que te emocione verdadeiramente. Quanto mais feliz te fizer sentir, melhor!

Permite-te fazer o luto

Não é ser dramática mas permite-te, a ti mesma, estar triste porque as férias acabaram.

Vais ver que, se te deres uns dias para aceitar a mudança, vais superar muito mais rápido. Mas atenção: nada de comparações! Não vale a pena comparar o quão feliz estavas há duas semanas em Cabo Verde e focares-te no quão terrível estás agora. Em vez disso, aceita que as férias foram perfeitas e que chegaram ao fim. Rodeia-te de felicidade: revê amigos, visita a família e procura as coisas boas do dia-a-dia.

Mente e espaço organizados

Há uns dias, estavas completamente zen, relaxada, feliz. Hoje, estás enterrada em papelada, com quinhentos emails para ler, sem roupa lavada e a tua casa precisa de uma limpeza urgente. Não pode ser!

Organiza os teus espaços, seja o de trabalho, descanso ou e estudo e organiza as tarefas que tens pela frente. Voltar de férias com uma mente completamente relaxada e entrar logo num frenesim não é, de forma nenhuma, benéfico para a tua sanidade mental e vai fazer os teus níveis de stress disparar.

Resolução de “ano novo”

Já que é o início de uma nova etapa, porque não fazer uma resolução ao estilo “Ano Novo”? Traça uma meta para ti mesma, que te dê energia e motivação e segue-a. Queres ter uma alimentação mais saudável? Aqui está uma oportunidade para começar. Queres começar a ir ao cinema às segundas-feiras? Nada melhor do que ir já na próxima. Sempre quiseste aprender a pintar? Chega de adiar o sonho. Começa já!

Uma mini resolução de fim de férias é um ótimo incentivo para fazer algo novo, estimular a tua imaginação e criatividade e ganhar uma motivação extra.

Pensa bem. Há quanto tempo não vias aquela colega de trabalho de quem tanto gostas? Há quantas semanas não bebes um copo com a tua melhor amiga e põem a conversa em dia? A tua vida está recheada de coisas boas e de pessoas que adoras. Vais dizer que não tiveste saudades?

Se ainda não foste de férias…

Ainda bem que estás a ler este guia. É natural que passes por um período mais depressivo, depois das férias e isso não deve preocupar-te. Por outro lado, mentaliza-te de que, eventualmente, terás de voltar e aproveita ao máximo enquanto dura!

Conhece alguns destinos, em Portugal, para visitar com as tuas amigas, neste verão, e lembra-te, têm sempre contigo proteção contra ISTs e gravidezes não desejadas.

Se viajares para outros países, é possível que não seja tão fácil encontrar o teu método contracetivo hormonal diário (pílula contracetiva) ou de emergência (pílula do dia seguinte), por isso, certifica-te de que tens tudo aquilo de que precisas.

Também estás a dramatizar o fim das férias? Como é que consegues voltar à vida normal, depois do Verão?

Em ellaone.pt, encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne.

Vamos falar sobre o período

O período, apesar de já existir desde o início da humanidade, ainda dá muito que falar. Descobre os 10 factos sobre o período que não podes mesmo ignorar.

 

Se és mulher e já passaste a adolescência, então, muito provavelmente, tens o período. Se fores como a maioria, adoraste quando o período te veio pela primeira vez mas agora é mais ou menos um suplício. Todos-os-meses.

No entanto, o período ou menstruação, é um indicador de saúde e é algo tão natural como a vida. Por isso, vamos falar sobre ele.

Período: 5 coisas que (provavelmente) não sabias

#1 Perdes menos sangue do que imaginas

Durante o período, perdes entre duas colheres de sopa a uma chávena (aproximadamente 200ml) de sangue. Tudo o resto é basicamente muco e pedaços do endométrio.

 

#2 O período irregular é normal na adolescência

Se tens mais de 18 anos, deves saber que o período irregular pode ser um sintoma de algo mais sério. Se for esse o caso, consulta o teu médico.

#3 O período pode causar deficiência em ferro

Não é uma regra mas algumas mulheres sofrem com baixos níveis de ferro por perda de sangue, durante o período. Alguns médicos aconselham a toma de suplementos de ferro por causa disto. Como cada caso é um caso, aconselho-te a verificares com o teu médico primeiro.

#4 Podes não ter período… e isso não é natural!

A ausência de menstruação chama-se amenorreia e pode acontecer quando se passa por estados de grande e rápida perda de peso – como num caso de anorexia – devido à toma de medicamentos ou devido a outras situações mais graves. Ninguém melhor que o teu médico para te ajudar a identificar a razão e encontrar a solução!

#5 Só três mamíferos têm menopausa

A menopausa foi observada em poucas espécies animais além da humana, nomeadamente duas espécies de baleias. No entanto, estão a fazer-se estudos para determinar se os macacos também passam pela menopausa.

 

Período: 5 coisas que têm de ser ditas

#1 Não deves envergonhar-te de ter o período

O período ou menstruação é algo perfeitamente natural. Não é uma doença, não é uma fraqueza ou incapacidade e certamente não é uma vergonha!

#2 O sexo durante o período não é nojento

É, pura e simplesmente, uma questão de preferência. Se tu te sentes bem, força! Há mulheres que preferem ter sexo durante o período porque estão mais sensíveis. Há outras que não gostam porque se sentem desconfortáveis. Há ainda quem não queira saber. E todos estes casos são perfeitamente normais!

 

#3 O período tem sintomas reais

A menstruação traz alguns sintomas que, felizmente, não se manifestam em todas as mulheres. No entanto, são problemas reais e que causam transtornos nas suas vidas. Dores, mal-estar, TPM… tudo isso é verdade e deve ser reconhecido como tal.

#4 Há milhões sem acesso a pensos higiénicos e tampões

É triste e chocante mas é verdade. Há milhões de adolescentes sem acesso a produtos de higiene feminina como tampões e pensos higiénicos e que, por isso, se vêm obrigadas a faltar à escola. Isto acontece um pouco por todo o mundo mas especialmente em África.

#5 Podes engravidar durante o período

É um mito comum o de que é impossível engravidar durante o período. Más notícias: podes mesmo ficar grávida em qualque fase do ciclo. Por isso, sexo seguro, sempre!

Em ellaone.pt, encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne.

8 truques para te manteres saudável este verão

É tão fácil esquecer que há vida depois do verão. Confere 8 dicas para te manteres saudável, sem deixar de aproveitar ao máximo.

 

O Verão chegou e as preocupações – quase – desapareceram. A vida ficou mais leve, só queremos diversão, apanhar sol e estar com amigos. Mas, às vezes, quando o verão vai embora, deixa marcas.

Vê como desfrutar de um verão incrível e manteres-te saudável, ao mesmo tempo!

O melhor verão é um verão saudável…

… e aquele que deixa boas recordações e experiências!

Mantém-te hidratada

Importante: beber muita água. No verão transpiramos mais e desidratamos com facilidade. É necessário compensar. Cria pequenos hábitos como levar uma garrafa de água reutilizável contigo. Não te esqueças que, mesmo sem sede, estás a desidratar.

Protege a tua pele

Um erro clássico do Verão é não usar protetor solar. Na verdade, deves usar protetor o ano todo – os raios UV estão lá, mesmo no inverno. Mas, no verão, há mais exposição solar e esta necessidade torna-se maior do que no resto do ano. No mínimo, usa um SPF de 15. No final do verão a tua pele deve estar saudável; pelo menos tão saudável como começou!

Protege o teu cabelo

O teu cabelo também está sujeito aos raios UV e precisa de proteção – não, isto não te impede de conseguir aquele cabelo de surfista!

Existem cremes ou loções com proteção SPF para o cabelo para aplicar antes e durante a exposição solar. Além disso, passa sempre o cabelo por água doce, depois de nadar em água do mar, assim minimizas os efeitos do sal.

Faz exercício

Verão não é desculpa para ser preguiçosa, se bem que é tentador! Tenta incorporar algumas atividades no teu dia que incluam exercício físico: caminhadas, corridas, etc… Se mantiveres uma rotina com exercício, além de manteres a boa forma física, vais sentir-te ótima no fim do Verão.

Cuidado com os excessos

Sol, calor, praia… Tudo pede uma saída com amigos ou um gelado fresquinho. Mas, atenção aos excessos!

Compensa aquela noite de copos com alimentação saudável, muita água e exercício. O mesmo com os gelados. Era ótimo comer um gelado de chocolate todos os dias mas tenta alternar com gelados de fruta e gelo. Até podes fazer os teus próprios gelados saudáveis em casa!

Esfoliação

O verão significa um aumento de pele morta, por isso, é importante esfoliar a pele para a manter suave e hidratada. Não precisas de comprar esfoliantes caros, podes fazer um em casa com iogurte e açúcar, por exemplo. Uma pele de verão saudável só depende de ti!

Encontra o teu hobby

Algo que acontece, frequentemente, depois do verão é aquela depressãozinha sazonal. O frio começa a chegar, já não estás de férias e a tua rotina perfeita muda. Se encontrares um hobby que te apaixone no verão e que possas fazer durante os meses de inverno, a transição será mais fácil!

Sexo seguro

Este conselho é muito importante: sexo seguro, sempre! O verão deixa-nos mais ativas e aventureiras mas até as aventuras devem ser pensadas. Não te esqueças da tua contraceção regular, leva preservativos contigo e não abdiques de os usar em nenhuma situação. Caso algo falhe há sempre uma segunda oprtunidade para prevenir uma gravidez não planeada, a pílula do dia seguinte! ellaOne deve ser tomada o mais rápido possivel após a relação sexual não protegida ou falha do método. Está disponivel sem receita na farmácia.1

Para que as conquistas de verão deixem só memórias felizes!

Quais são os truques que usas para ter um verão saudável? Partilha!

Em ellaone.pt, encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne.

1.Resumo da Características do Medicamento ellaOne

 

Destinos em Portugal para férias com amigas

Agora que, finalmente, podes fazê-lo, deves aproveitar as oportunidades de férias com amigas. É basicamente a mesma coisa de sempre mas sem pressões de trabalho, faculdade, pais, namorados… Ou seja: as férias perfeitas!

Mas quais os melhores destinos para férias com amigas?

Não importa onde vais se a companhia for boa. Mas neste caso, podes dar-te ao luxo de escolher a companhia e o local!

Fica a conhecer 7 dos melhores destinos de férias, para ti e para o teu grupo:

Peneda-Gerês

Porque é que o Gerês é uma ótima ideia? Natureza, sol, rios, bungalows, calma e tranquilidade. Está tudo dito.

Precisas de mais incentivos?

O Gerês é, na verdade, o Parque Nacional Peneda-Gerês, que abarca três distritos e cinco concelhos: Melgaço, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca, Terras de Bouro e Montalegre. Além de serem concelhos altamente pitorescos, no Gerês encontras casas de férias, parques de campismo com vista para o rio, lagos, pontes romanas, catedrais, montanhas… Um sonho!

Albufeira

Albufeira é, para além de um destino clássico, um dos melhores para férias com amigas. Tens a praia ali ao lado – o que é um must! – tens vida noturna, calor (por favor, sim!), e todas as opções de alojamento, desde campismo a apartamentos de luxo.

E claro, em Albufeira (ou não fosse no Algarve) vais poder praticar imensas línguas. Se precisares de uma desculpa para ir, podes sempre dizer que é didático!

Ilha de S. Miguel

Alguém disse “melhor destino de férias”?

A ilha de S. Miguel nos Açores está definitivamente no top. Só não é completamente verde por causa das belíssimas lagoas e flores. Sabias que podes ver golfinhos e baleias? E que podes nadar com as mantas? Também podes subir acima das nuvens na Lagoa do Fogo e visitar estâncias termais… Enfim, o relax total!

Tavira

Se és amante de surf, Tavira é para ti. E se não, também é! Tavira não desaponta ninguém: está no Algarve, mas na cena cool. Tem um Castelo Medieval, a cascata do Pego do Inferno, a Praia de Cacela Velha – que já foi considerada a melhor do mundo – as salinas de flor-de-sal e… já disse flamingos?

Ah e, claro, em Tavira, também vais encontrar muitos surfistas!

Odeceixe

Odeceixe fica a meio da Costa Vicentina, entre Porto Côvo e Sagres e é um local obrigatório! Podes, facilmente, explorá-la de carro, tem imensa história, praias deliciosas e uma gastronomia de chorar por mais!

A melhor parte é que ainda não foi devorada pelo turismo, por isso podes relaxar, conhecer a cidade e bronzear-te!

Amarante

Amarante é um daqueles paraísos escondidos. Poucas pessoas sabem, mas neste município, escondem-se igrejas, solares, pontes, o museu de Amadeo Souza-Cardoso e, em Agosto, ainda tem a festa da Procissão dos Diabos.

No Verão faz mesmo muito calor, o que convida a mergulhos no rio Tâmega. Se me perguntares, é um dos meus destinos favoritos para ir de férias com amigas!

Cabeceiras de Basto

Só tenho uma palavra para ti: Glamping!

Cabeceiras de Basto foi considerado, por um jornal britânico, o melhor sítio da Europa para fazer glamping.

A vila é lindíssima, cheia de natureza, um centro histórico maravilhoso e ainda existe uma lenda que tens de descobrir… Preparada para a conhecer com todo o glamour?

 

Quais são, para ti, os melhores destinos em portugal para ir de férias com amigas? Partilha as tuas sugestões ou ideias!

Em ellaone.pt encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne.

O que levar na mochila para os festivais de Verão

festivais

Chegou aquela altura mágica em que tudo acontece: o Verão! E com ele, os tão esperados festivais. És daquelas que deixa tudo para a última e se esquece sempre de coisas essenciais? Vem daí e vamos ver o que levar na mochila para os festivais de Verão.

O essencial para um festival de Verão

O primeiro conselho que te dou é: leva uma mochila de campismo grande e resistente. Pode não ser o acessório mais fashion do mundo mas no final vais agradecer ter uma boa mochila, que te dê um bom suporte às costas e que tenha espaço para tudo.

Saco cama térmico

Há festivais onde apetece é dormir ao ar livre porque está um calor de morrer. Mas há outros como Paredes de Coura, onde à noite está um frio de rachar. Leva um saco-cama térmico que suporte uma variedade de temperaturas. É um pequeno investimento que compensa!

Impermeável

Ok, estás a pensar “Impermeável no verão??” mas lembra-te que é costume chover em festivais no Norte do país. Se começares a procurar agora, ainda tens tempo de encontrar aquele impermeável giríssimo! É importante que seja resistente e “à prova de festival”. Senão, leva dois ou três daqueles compactos que consegues encontrar muito baratos.

Colchão insuflável ou esteira

As tuas costas vão ressentir-se de todas as maneiras mas quanto mais confortável conseguires tornar a tua estadia de quase uma semana nos parques de campismo, melhor. Investe num colchão insuflável compacto e fino, ou numa boa esteira. Mais uma vez, as tuas costas vão agradecer.

Tenda impermeável fácil de montar

Uma tenda é essencial, a não ser que partilhes. Aquelas tendas que se montam e desmontam rapidamente são a opção ideal. Se já foste acampar a um festival, provavelmente sabes que é preciso ser (a mais) rápida a escolher o lugar!

Roupa e calçado confortável

Roupa e calçado confortáveis são indispensáveis na lista do que tens de levar para os festivais de Verão. Dançar e saltar durante horas com sapatos desconfortáveis e roupas apertadas não é nada o espírito de um festival. Leva calções, calças e vestidos nos quais te possas mexer, umas botas – para os dias de chuva e para as pisadelas – e uns ténis.

Um item de roupa quente

É muito importante levar pelo menos um item de roupa quente. Vai quase sempre fazer falta. Ainda que esteja calor durante o dia, de certeza que no after vai apetecer aquela sweater ou o casaco quentinhos. Mais vale prevenir!

Bikini, chinelos e toalhas

O bikini e os chinelos não são só para ir nadar ao rio. Vais ter de tomar banho com eles também. Leva uma toalha de microfibra para te secares ao sair do duche e uma toalha de praia para estar no rio. Nunca uses só uma para as duas coisas.

Toalhitas húmidas e papel higiénico

Já sabemos que não se deve abusar das toalhitas húmidas mas são um essencial para um festival. Não abdiques do papel higiénico, também. Pode não ser a ideia mais apetecível do mundo andar com um rolo de papel higiénico pelo meio do camping mas, se reparares bem, toda a gente precisa…

Protector solar e chapéu

O protetor solar dispensa apresentações e requer um aviso especial: não te podes esquecer mesmo! A não ser que vivas tipo morcego e percas parte dos concertos, vais de certeza apanhar Sol e tens de proteger a tua pele. Leva também um chapéu – aqui podes dar asas à tua criatividade e sentido de moda!

Comida que sobreviva fora do frigorífico

Ainda que estejas a planear comer sempre nas barraquinhas ou restaurantes, leva sempre alguma comida de reserva. Coisas que não estraguem com o calor como snacks salgados, bolachas secas, barras de proteínas e enlatados. Se és das que não passa sem o café com leite de manhã, leva pacotes individuais de 200ml de leite e café solúvel. E muita, muita água!

Mini-kit de primeiros socorros

Uma outra coisa essencial para um festival é um pequeno kit de primeiros socorros. Pequenas coisinhas como bolhas nos pés, um espinho ou um cortezinho podem ser muito chatos durante um festival, longe de casa. Para te prevenires, lembra-te de fazer uma bolsinha com uma pinça, alguns pensos Compeed, cotonetes, tampões para os ouvidos e água oxigenada ou alcoól.

Sexo seguro, sempre

É importante praticar sexo seguro para te protegeres de doenças sexualmente transmissíveis e gravidezes não desejadas, por isso, leva preservativos na carteira. No entanto, lembra-te que contratempos contracetivos podem acontecer em qualquer lado, inclusive em festivais. Verifica com antecedência se nas redondezas – ou até no recinto – existem farmácias que vendam preservativos e contraceção de emergência no caso de precisares de tomar a pílula do dia seguinte.

Estes são os básicos a levar para um festival, mas depois há sempre os extras. O que é que não pode falhar na tua mochila para festivais de Verão? Livros? Câmara Fotográfica? Partilha!

Em ellaone.pt, encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne.

Ideias para aproveitar o Verão a dois

verao2

O Verão é a altura perfeita para dedicar um tempo só a vocês os dois: não há tantas preocupações, há Sol e calor, e sinceramente, já apetece. “Mas como?” – perguntas tu – “Vamos para a praia? Vamos para o campo?”. Calma. Há imensas oportunidades, e imensos planos que podes fazer a dois.

Como aproveitar o Verão a dois?

Se sentes que precisas de sair da rotina mas não tens ideias, confere esta lista de ideias para fazer a dois no Verão.

Façam um detox num spa

Portugal tem imensos spas com banhos termais, massagens, tratamentos de pele… Porque não aproveitá-los num plano a dois? Relaxar com a tua outra metade pode até trazer benefícios para a relação! Mas claro, relaxar como deve ser: num hotel com uma vista linda, e um quarto só para vocês!

Vão acampar na montanha

Acampar também é um ótimo plano a dois, longe de tudo. Comecem o plano com uma caminhada e, ao chegar, preparem o acampamento e aproveitem a distância da cidade e das vidas apressadas. Sem telemóveis, sem computadores, só vocês os dois e as vantagens de não terem (quase) nada para fazer.

Façam uma road trip

Se querem algum movimento, mas ao vosso ritmo, uma roadtrip é perfeita. Façam a costa portuguesa toda, do Minho ao Algarve, de carro. Podem parar onde quiserem, e aproveitar os 800km de praias portuguesas no caminho.

Vão juntos viver um festival

Se para vocês a conversa é mais música, aproveitem um dos mais de 10 festivais de verão portugueses. Vão os dois juntos, só os dois, aos dias todos do festival. São umas mini-férias a dois, com as vossas bandas favoritas.

Escapadinha romântica na Europa

Para quem quer escapar à rotina, e conhecer novos países e culturas, uma escapadinha romântica parece ser ideal! Que tal as praias da Croácia, ou as ilhas da Grécia? Um fim-de-semana prolongado que vai fazer maravilhas pela tua relação.

Fazer a viagem de uma vida

Estamos sempre à espera da viagem das nossas vidas. Será que chegou a hora? Aquela aventura no outro lado do Mundo está à espera de ser vivida. Sempre sonharam ir à Indonésia, ou ao Nepal, ou ao Tibete, então porque não vão juntos? O mais difícil é dar o grande passo, depois, é só deixar-se ir!

Fazer um interrail

Esta é só para quem tem coragem. Se tu e o teu mais-que-tudo são aventureiros e gostam de ir à descoberta, um interrail é a forma mais fácil, segura e divertida. Tracem um plano com antecedência ou decidam no momento, o que importa é estarem juntos e criarem memórias que ficarão para sempre.

O que é nacional é… o melhor!

Se todos os planos falharem – por trabalho ou imprevistos – têm sempre o nosso país, com a particularidade de ter mil maravilhas escondidas mesmo ao virar da esquina. Explorem a cidade mesmo ao lado da vossa, ou aquela aldeia do Alentejo que sempre quiseram conhecer. Não é preciso gastar muito dinheiro para fazer os melhores planos a dois este Verão, e certamente não é preciso viajar para longe.

Já tens ideias para este Verão? Que plano a dois gostavas mais de fazer? Partilha!