Descobre se a tua relação tem futuro

Cada relação é única no mundo mas, no que toca ao futuro a conversa é outra. Amizade, compromisso e erotismo são a chave da felicidade. A forma como um casal age entre si diz muito sobre o futuro da relação. Estás a ver aqueles filmes que ainda nem começaram e já sabes como terminam, em que tudo se resume a “viveram felizes para sempre”? Pois bem, quando se fala do futuro da relação por vezes a coisa complica-se de tal modo que só pensamos “por favor tirem-me deste filme”.

Nós mulheres somos impacientes por natureza, queremos à partida saber se a relação tem futuro! Quando temos um parceiro muitas vezes pensamos se estamos numa relação com ou sem futuro, pois no que toca a “acumular” dúvidas os louros são nossos. Só te posso pedir para não desesperar! Deixo-te aqui algumas dicas que te vão ajudar a descobrir se a tua é uma relação com futuro. Vamos a isso?

Descobre se a tua relação tem futuro

Passas o máximo de tempo possível com o teu parceiro

Adoras passar tempo a dois, mesmo que seja depois de um fim de semana inteiro juntos. Planear é convosco. Imaginação e criatividade não vos falta para experimentar coisas novas, sair para almoçar ou jantar, ir ao cinema ou passar naquele mercado de rua que tanto gostam… Quando estão juntos nem dás pelo tempo passar de tão divertido que é.

Mas para além disso, cada um tem o seu espaço próprio e os seus momentos sem que o outro faça disso um drama. Teres o teu espaço próprio é muito importante mais que não seja, para não dares em louca! Se tu e o teu parceiro não estão colados um ao outro como duas lapas é óbvio que a vossa relação tem futuro.

A vossa cumplicidade nota-se à distância

Carícias, palavras bonitas, olhares cúmplices e beijos inesperados são pequenas coisas que mantém acesa a chama da paixão em qualquer relação e que dão força à cumplicidade do casal. Se não existir cumplicidade a chama apaga-se lentamente, mas se esta se mantém acesa é tal e qual um espetáculo com fogos de artifício.

Quando não estão juntos sentes-te segura

Na vossa relação não há tempo para inseguranças muito menos para dramas. Cada um tem o seu espaço, e porque ambos sabem o quão importante é na vossa relação, o respeito está sempre em primeiro lugar. Cada um combina coisas com os amigos e fala abertamente sobre isso, isto é algo muito natural para vocês.

Falam sobre tudo

A comunicação é fundamental, e não é exclusivo das relações entre casais. Se o teu parceiro não te diz como lhe correu o dia ou que convidou os pais para jantar e te apanha de surpresa, o mais certo é haver algo de errado na vossa relação e então… Temos o caldo entornado! Mas se entre vocês não há tabus então… a vossa relação tem tudo para dar certo!

As vossas discussões resumem-se a acertar pontos de vista

Todos os casais discutem e isto é a coisa mais normal do mundo, mas nem todos conseguem chegar a um consenso quando fazem as pazes. Todos nós pensamos de maneira diferente mas existe sempre um ponto de entendimento. Se consideras que as vossas relações são saudáveis é sinal de que na vossa relação existe espaço para conversarem sobre tudo e debaterem vários temas no presente e no futuro.

Mas nunca é demais relembrar que o respeito mútuo é essencial não só para o futuro da relação como para ti e para o teu parceiro, também as tuas opiniões e decisões devem ser respeitadas, bem como os teus amigos ou a tua forma de vestir. Mas aqui entre nós, não tentes provoca-lo porque já se sabe, ninguém é de ferro!

Experimentar é palavra de ordem

Um ótimo sinal de uma relação com futuro é experimentar coisas novas para quebrar a rotina, se costumam fazê-lo, estão no bom caminho. A rotina acaba por ser um fardo, é preciso puxar pela criatividade e não ter medo de ir em busca do desconhecido.

Falam do futuro com naturalidade

Ter uma visão do futuro semelhante é importante em qualquer relação. Se tu gostas é de estar em casa e ele só pensa em viajar, então não estão os dois na mesma onda. Da mesma forma que falar em juntar os trapos, casar, ter filhos ou até planear uma viagem é fundamental. Mesmo que não seja a curto prazo, não deve existir o medo de “estar a ir depressa demais” pois o importante é pensar como será o futuro da relação o resto resume-se a “deixar acontecer”.

Agora que ficou tudo mais claro para ti, só te posso dizer que a ansiedade “não mata mais mói”. Relaxa, tenho a certeza que a tua é uma relação com futuro. Ah, e se não for pedir-te muito não deixes de partilhar este post!