Exercícios de Kegel: o que são e como fazer?

São terapêuticos, ajudam na experiência sexual… Já fizeste os teus Kegels hoje?

 

tumblr_inline_mi2o6vhPV21qz4rgp

 

 

O que são os exercícios de Kegel?

Os exercícios de Kegel são exercícios para os músculos pélvicos. Devem o seu nome ao médico Arnold Kegel, que os desenvolveu na década de 40, para ajudar, principalmente, mulheres que sofriam de incontinência urinária pós-parto e consistem em contrações voluntárias dos músculos pélvicos.

Ok, e o que são os músculos pélvicos?

O nome técnico é músculo pubococcígeo, e é encontrado tanto em homens como em mulheres. É um músculo que se estende desde o cóccix até ao osso púbico, e é uma espécie de “rede” que suporta os órgãos pélvicos. No caso da mulher, esses órgãos incluem a bexiga, a vagina, o útero e o reto.


Então e como fazer?

Os exercícios de Kegel são muito fáceis de fazer, depois de teres identificado os músculos certos e que tipo de movimentos deves fazer.

A Mayo Clinic recomenda: “Para identificar os músculos pélvicos, pare o fluxo de urina enquanto estiver a urinar. Se conseguir, identificou os músculos certos.”

Depois, é só exercitar esses mesmos músculos. Para isso, só tens de contrair os músculos durante dez segundos e relaxá-los outros dez. Faz três sets de 10 contrações e relaxamentos por dia.

No entanto, os mesmos médicos também deixam o alerta: “Não tenha por hábito fazer exercícios de Kegel enquanto urina. Esse ato pode levar a um esvaziamento incompleto da bexiga, o que aumenta os riscos de contrair infeções urinárias”.

 

E esses exercícios, notam-se?

Não e, por isso mesmo, podes fazê-los em qualquer lado e em qualquer posição. Podes fazê-los no metro, no autocarro, a ver televisão, em frente ao computador, mas pode ser mais fácil fazê-los deitada, ao início. São extremamente discretos!

Para garantires que estás a fazê-los corretamente, não contraias o abdómen, nádegas ou coxas, e também não sustenhas a respiração enquanto fazes os exercícios de Kegel, uma vez que estes exercícios são destinados apenas aos músculos pélvicos.


Mas, no que é que este exercícios me podem ajudar?

Ora bem, agora chegámos à parte divertida. Estes exercícios são ótimos para combater problemas como incontinência urinária ou fecal, e um problema mais grave chamado prolapso vaginal ou uterino – “descida” dos órgãos das suas posições normais. Estes problemas estão muitas vezes associados à gravidez, ao parto e a excesso de peso, mas não só.

Uma outra coisa em que os exercícios de Kegel ajudam são, acredites ou não, os orgasmos! O fortalecimento dos músculos pélvicos ajuda a que as contrações naturais de um orgasmo sejam mais fortes, tendo efeitos tanto para ti como para ele.

giphy

Posto isto, ainda que seja só curiosidade, não custa tentar, pois não? Sendo assim, experimenta-os e bons exercícios!