Sexo seguro – mais prazer, menos risco

Se já usaste uma dating app como o Tinder, sabes que podes encontrar um pouco de tudo. Sabes quais são os dating types das apps de encontros?

Como podes desfrutar, ainda mais, do sexo, reduzir riscos e eliminar preocupações? Sim, vamos ter “a” conversa sobre sexo seguro!

O sexo é natural (e essencial!) e deve ser aproveitado sem reservas. No entanto, há cuidados que temos de ter. Sexo seguro, diz-te algo?

Sexo seguro: todo o prazer, menos preocupações

A chave para tirar o máximo partido do sexo é…? Sexo seguro! Com o cuidado certo, podes desfrutar do sexo com o teu parceiro, sem preocupações, o que fará com que ambos tenham mais prazer. Descobre como.

Testes completos

Se estás numa relação monógama, aquela velha máxima “ambos fizemos testes…” não chega. Que testes fizeram? Testaram-se para herpes, clamídia, gonorreia, VIH?

Alguns testes incluem apenas uma DST, pelo que se querem estar mesmo seguros, façam todos os testes que o vosso centro de saúde ou hospital disponibilizar. Assim, já podem dizer “fizemos TODOS os testes” e aproveitar ao máximo!

Atenção ao HPV

Não aches que por um rapaz ser virgem, estás completamente livre de seres contagiada com HPV. Infelizmente, não há forma de testar homens para o vírus do papiloma humano, o qual pode, até, não se manifestar. Se tiveres menos de 26 anos, ainda te podes vacinar. Sem a vacina, a melhor forma é ter sexo seguro usando métodos contracetivos de barreira como o preservativo masculino ou feminino.

O coito interrompido não protege

Se usas este “método” contracetivo, para. Não só não é um método contracetivo, como não te protege de DSTs. O preservativo protege-te de gravidezes não desejadas e de doenças venéreas. O coito interrompido não é sexo seguro!

Sexo oral e anal não estão isentos

Pois é. Não vais engravidar por teres sexo oral e anal mas podes expor-te a doenças sexualmente transmissíveis. Façam os testes para se certificarem que nenhum dos dois está em risco e, entretanto, usem sempre preservativo.

Usar dois preservativos: um grande NÃO

Não, não e não! Dois preservativos não é sinónimo de segurança redobrada. Pelo contrário, aumenta a probabilidade de se rasgarem – o contacto aumenta o atrito e o desgaste. Um preservativo por relação sexual é suficiente.

Adeus infeções urinárias

A melhor forma de evitar infeções urinárias é fazer xixi logo a seguir a uma relação sexual. Isto fará com que as bactérias saiam da tua uretra, nunca chegando à bexiga. Pode ser um bocado “deal breaker” mas, acredita, é melhor estar segura.

Não te esqueças da pílula

Não te esqueças de tomar a pílula! Se mantiveres uma rotina como tomar a pílula depois de jantar ou colocar um alarme no telemóvel, será mais fácil lembrares-te.

Pílula do dia seguinte

A pílula do dia seguinte não é um método contracetivo regular e sim de emergência. Caso o teu método contracetivo habitual falhe – acontece! – podes recorrer à pílula do dia seguinte.

Joga pelo seguro. Recorre a uma pílula do dia seguinte eficaz para te proteger de uma gravidez não desejada.

 

Finalmente, questiona o teu médico se tiveres dúvidas em relação a doenças sexualmente transmissíveis, porque nada, além do preservativo, nada te protege delas.

 

Em ellaone.pt, encontrarás todas as informações sobre a pílula do dia seguinte ellaOne.