Contraceção regular

  • A pílula do dia seguinte não é um método de contraceção regular.
  • Após utilizar a pílula do dia seguinte, faz todo o sentido pensar sobre que contracetivo regular irá utilizar.
  • Se teve algum problema com o seu método contracetivo habitual, esta pode ser uma boa altura para considerar uma mudança para um método que se adeque melhor a si.

Tem muitas opções contracetivas: métodos barreira, métodos contracetivos hormonais, dispositivo intrauterino ou esterilização. Alguns dos métodos são aqui apresentados:

Preservativo masculino
Preservativo masculino

O que é?

Forma uma barreira que impede o contacto do esperma com corpo. Protege ainda das infeções sexualmente transmissíveis

Com que frequência?

Use sempre que tiver relações sexuais

Preservativo feminino
Preservativo feminino

O que é?

Forma uma barreira que impede o contacto do esperma com corpo. Protege ainda das infeções sexualmente transmissíveis

Com que frequência?

Use sempre que tiver relações sexuais

Capa cervical e diafragma
Capa cervical e diafragma

O que é?

Cúpulas redondas, em látex ou silicone, que bloqueiam o colo do útero. Precisam de ser utilizados com um espermicida

Com que frequência?

Colocar sempre que tiver relações sexuais (mas pode colocar com horas de antecedência)

Pílula
Pílula

O que é?

Comprimidos com hormonas. Se está a começar ou continua a tomar a pílula, tome-a no dia a seguir a tomar ellaOne®

Com que frequência?

Uma vez por dia, todos os dias

Injeção
Injeção

O que é?

Uma injecção de uma hormona contraceptiva

Com que frequência?

Uma injecção a cada três meses

Esponja
Esponja

O que é?

Um pedaço redondo de espuma plástica branca que bloqueia o colo do útero e liberta espermicida

Esforço

Colocar sempre que tiver relações sexuais (mas pode colocar com horas de antecedência)

Adesivo
Adesivo

O que é?

Um “autocolante” hormonal fino

Com que frequência?

O adesivo troca-se uma vez por semana

Dispositivo intrauterino de cobre ou hormonal
Dispositivo intrauterino de cobre ou hormonal

O que é?

Um dispositivo em forma de T que é introduzido no útero. Dois tipos: hormonal ou de cobre

Com que frequência?

Introduz-se uma vez e dura entre 3 a 10 anos, dependendo do tipo

Anel vaginal
Anel vaginal

O que é?

Pequeno anel flexível que é introduzido na vagina

Com que frequência?

Introduzir o anel. Esperar 3 semanas. Retirar o anel. Esperar 1 semana. Repetir.

Implante
Implante

O que é?

Uma pequena haste introduzida na parte superior do braço, que liberta hormonas

Com que frequência?

Introdução rápida e dura até 3 anos

Esterilização
Esterilização

O que é?

Tanto os homens como as mulheres podem encerrar ou bloquear os tubos que transportam espermatozoides ou óvulos.

Com que frequência?

Só é necessário uma vez

Espermicidas
Espermicidas

O que é?

Cremes, películas, espumas, geles e supositórios que se introduzem na vagina. Funcionam melhor com outros métodos barreira

Com que frequência?

Têm de ser aplicados sempre que tiver relações sexuais

Alguns destes métodos podem ter contraindicações médicas. Para obter informações completas sobre métodos contracetivos, fale com o seu médico.

Lembre-se de que só os preservativos a protegem das infeções sexualmente transmissíveis, incluindo o VIH. Os outros métodos de contraceção não oferecem qualquer proteção. Se está preocupada com infeções sexualmente transmissíveis, fale com um profissional de saúde.

Também existem vários outros “métodos naturais”, como por exemplo o coito interrompido e os métodos de monitorização da fertilidade (método da temperatura). Estes métodos não são muito fiáveis.