Como atua a pílula do dia seguinte

Uma vez que somos muitas as mulheres que, em algum momento da nossa vida, tivemos que recorrer ao uso da pílula do dia seguinte, hoje vamos ver como atua a pílula do dia seguinte.

Devemos ter bem presente que a pílula do dia seguinte não deve ser usada como método de contraceção regular, nunca. A pílula do dia seguinte deve ser de uso excepcional apenas em situações de emergência. Por exemplo, no caso de teres relações sexuais não protegidas ou falha do método contracetivo regular, e considerares que não é a altura certa da tua vida para ter um bebé. A pílula do dia seguinte pode prevenir a gravidez adiando a ovulação, se esta ainda não tiver ocorrido. Isto significa que os espermatozoides que aguardam nas trompas de Falópio não irão conseguir encontrar um óvulo e fertilizá-lo.

Para percebermos como atua a pílula do dia seguinte, tomamos como ponto de referência, o momento de maior risco, a ovulação que ao contrário do que possas pensar é muito difícil de prever o momento da ovulação …

a. Se tomaste a pílula do dia seguinte antes da ovulação:

No caso de tomares a pílula do dia seguinte antes da ovulação , o efeito da sua ingestão é adiar ou inibir a libertação do óvulo. Portanto, na altura em que um óvulo é libertado (ovulação), os espermatozoides que estão no trato genital feminino não conseguem fecundá-lo.

b. Se tomaste a pílula do dia seguinte 2 dias antes da ovulação:

Este é sem dúvida o momento de maior risco quando a ovulação se aproxima que é quando a mulher é mais fértil. ellaOne® a pílula do dia seguinte de última geração1,2 pode evitar a gravidez após uma relação sexual não protegida, ou em caso de falha do método contracetivo regular utilizado, atua adiando ou inibindo a ovulação. ellaOne® atua quando é mais importante, pois é capaz de adiar ou inibir a ovulação mesmo quando estás prestes a ovular, quando o risco de ficares grávida é maior.

c. Se tomaste a pílula do dia seguinte quando estás na ovulação ou após a ovulação:

Se estiveres a ovular ou já tiveres ovulado, a pílula do dia seguinte não vai fazer qualquer efeito porque não é possível adiar algo que está a acontecer ou já aconteceu. Por outro lado, a pílula do dia seguinte não interrompe uma gravidez em curso 2. Se estiveres grávida, é demasiado tarde para contraceção de emergência, porque esta atua antes do início da gravidez.
“Ok, já percebi como atua a pílula do dia seguinte, mas ouvi coisas …” Não te preocupes, se estás na dúvida em algum ponto é porque provavelmente te disseram que a pílula do dia seguinte é abortiva, ou é uma bomba hormonal, enfim muita coisa se diz por aí a respeito da pílula do dia seguinte. Por isso, aconselho-te a ler os 4 mitos da pílula do dia seguinte. Como tu, existem outras tantas mulheres confusas e que depois de lerem este post perceberam que muito do que se diz por aí, não passa de mitos.

Lembra-te que a pílula do dia seguinte não é eficaz a 100%. Tomar a pílula do dia seguinte o mais cedo possível após a relação sexual não protegida ou falha do método contracetivo regular oferece uma probabilidade maior de eficácia. 3

Se quiseres ter relações sexuais depois de utilizares a pílula do dia seguinte, deves utilizar um método contracetivo de barreira (preservativo) até aparecer o período seguinte.

É importante partilhar informação, por isso encorajo-te a fazê-lo.

Volta sempre que quiseres, é um prazer ter-te aqui!

www.ellaone.pt

  1. Gemzell-Danielsson and Meng, Int. J. Women’s Health 2010:2 53–61.
  2. Resumo das características do medicamento ellaOne®.
  3. World Health Organization. Family planning. Updated July 2017. http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs351/en/index.html.